ùltimas Notícias

Opinião e Crónicas

Câmara instala sanitários com acesso a pessoas de mobilidade reduzida no centro da cidade

A Câmara Municipal de Ponta Delgada acaba de concretizar a construção da instalação sanitária no centro da cidade com acesso a pessoas de mobilidade reduzida. A nova instalação fica localizada no Largo de São João e é constituída por um sanitário com controlo de acesso automático mediante moedeiro e uso de cartão SIM, dispondo de um sistema automático de auto-limpeza e desinfeção da tampa, da sanita, do lavatório e do chão. Está adaptado para pessoas de ambos os sexos e para pessoas de mobilidade condicionada, cumprindo todas as normas de acessibilidade. Fonte: Câmara Municipal de Ponta Delgada

Ler Mais »

CÂMARA DA RIBEIRA GRANDE INSTALA SISTEMA DE TELEMETRIA PARA CONTADORES DE ÁGUA

A Câmara da Ribeira Grande iniciou a instalação de um sistema de telemetria para contadores de água num investimento inicial de cerca de 15 mil euros (85% cofinanciado pela União Europeia). Nesta primeira fase o sistema será introduzido em 140 contadores em moradias da Ribeira Seca, Rabo de Peixe e Porto Formoso e prevê-se que pode ser estendido às demais localidades do concelho num futuro próximo.A instalação do sistema de telemetria nos contadores de água, inédito nos Açores, traz vantagens para os consumidores na medida em que deixa de ser necessário dar a leitura mensal do consumo de água e permite, mais rapidamente, identificar situações anómalas como derrames, roturas ou atos de vandalismo.O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, acompanhou a instalação dos primeiros “contadores inteligentes” na freguesia da Ribeira Seca e não escondeu a satisfação pela boa adesão e compreensão dos munícipes à atualização que está a ser feita a este nível.“Nesta primeira fas..

Ler Mais »

Apresentação dos resultados do Orçamento Participativo Jovem da Lagoa

Evento de apresentação dos resultados do Orçamento Participativo Jovem, com a participação do artista Helfimed - 9 de fevereiro de 2020 - 18H00 - Cine Teatro Lagoense Francisco D'Amaral Almeida - Lagoa.

Ler Mais »

Vila Franca a Cantar

Não perca esta oportunidade. Se sabe cantar, inscreva-se. Queremos ver o seu talento. Contamos consigo! Inscrições até 28 de Fevereiro. Mais informações: Associação Unojovens.

Ler Mais »

Pouco severa CEVERA

Por André SilveiraUma região que não consegue, ou não sabe, o que quer para si não é uma região autónoma, é um projeto falhado. Recentemente foi tornado público que a comissão responsável pela revisão do estatuo autonómico dos Açores encomendou a um conhecido escritório de advogados o seu próprio trabalho. No contrato, adjudicado por ajuste direto claro está, pode-se ler que se pede ao escritório de Lisboa, que: encontre “alternativas à figura do Representante da República; aprofundamento da autonomia; melhoria da democracia regional.”. Ou seja, que façam eles aquilo para que foi criada a comissão. Não se entende nada disto. Não entende que numa região que pensa, e pensou durante mais de um século a autonomia, se tenha de recorrer a advogados de fora para saber o que quer para si. Não se entende que numa região de onde saíram grande pensadores e grandes autonomistas, e estadistas já agora, não se consiga escrever um texto acerca da nossa autodeterminação. Nunca como hoje a causa auto..

Ler Mais »

“Ninguém deseja a morte” diante do sofrimento se ele for tratado e acompanhado, diz Renato Moura

“Ninguém deseja a morte” diante do sofrimento se ele for tratado e acompanhado, diz Renato Moura Fev 7, 2020 | Entrevista Colaborador do Igreja Açores fala sobre a Eutanásia e a Caminhada Sinodal na diocese de Angra, sublinhando que a igreja açoriana ainda não foi capaz de transformar esta iniciativa num grande evento mobilizador da sociedade “Se as pessoas puderem ser tratadas e puderem ter a felicidade, dentro daquilo que é possível, ninguém deseja a morte” adianta Renato Moura, colaborador do Igreja Açores numa entrevista ao programa de Rádio Igreja Açores, durante a qual não poupa criticas à pressa que o Parlamento tem colocado em legislar sobre a morte assistida. Na véspera do debate parlamentar sobre o assunto, agendado para o próximo dia 20, o cronista lembra que os deputados deveriam ter como prioridade a defesa da vida e não o direito à morte. “Os cuidados paliativos são péssimos e nós em vez de alterarmos esta questão queremos ser vanguardistas, como já fomos noutras m..

Ler Mais »

Ricas prendas

A quadra festiva foi generosa em ricas prendas no nosso esmirrado espaço político regional. Os nossos poderes políticos nunca param de nos surpreender e são mesmo uma rica fonte de inspiração crítica. Os últimos meses foram de abundância natalícia ao fornecer-nos indicadores sociais e económicos tão pavorosos que até envergonham …

Ler Mais »

A desumanidade autárquica em vésperas de Natal!

Para o caso em apreço, basta-me referir dois políticos que governaram esta terra: Carlos César e Luís Martins Mota. Respectivamente, o presidente do Governo dos Açores e o presidente da Câmara Municipal da Lagoa. Não estarei errada se disser que, caso estivessem no Poder, minutos depois da emissão da reportagem …

Ler Mais »

E Agora PPD?

Estão reunidas as condições para José Manuel Bolieiro assumir a liderança do PSD Açores e consequentemente ser candidato a presidente dos Açorianos nas Regionais 2020. O partido pediu união, e do clamor emergiu um dos eternos “D. Sebastiões” como o mais capaz de dirigir o partido num sentido coerente e …

Ler Mais »

QUE ESTADO PROVIDÊNCIA?

Esta semana foi transmitida a reportagem da jornalista Carmen Ventura, pela RDP/Açores, intitulada “entre duas prisões”, que merece uma reflexão acerca da qualidade e orientação dos apoios sociais. A reportagem relata as dificuldades vividas por uma senhora, ternamente apelidada por Teresinha, que, confinada desde criança a uma cadeira de rodas, …

Ler Mais »

A Lagoa não é um paraíso

A mim, enerva-me o endeusamento de algumas personalidades e o frequente hábito de colocar certas coisas num pedestal acima de qualquer crítica ou mácula. Um estatuto quase sagrado, porém frequentemente oco e desprovido de base de sustentação, ou na melhor das hipóteses, medíocre e absolutamente normal. A normalidade de uma …

Ler Mais »

Só os idiotas aprendem à própria custa

Um dos pontos do programa do Chega alerta para a necessidade de um apertado controle dos movimentos migratórios que, a partir de África e do Próximo e Médio Oriente se dirigem para a Europa. Uma invasão em câmara lenta. Outro ponto do mesmo programa aponta para a necessidade de fazer …

Ler Mais »

Uma máquina de fazer pobres

Desde o tempo da Grécia antiga que existe a mentira na política. Só que, nos tempos de hoje, ela corre mais depressa, graças aos recursos digitais ao dispor de qualquer cidadão, difundindo e partilhando tudo em que acredita ser verdade, só porque “vem escrito ou dito por alguém”. A ausência …

Ler Mais »

Todos contam… para pagar!

Alguém acredita num governo que, nos últimos três anos, não quis saber da opinião de ninguém, mostrou-se autista relativamente às chamadas de atenção sobre os erros cometidos e agiu com alguma arrogância face a alguns deles, agora no final do mandato é que vai ouvir toda a gente? Agora é …

Ler Mais »

Um supositório para cada contribuinte

Poucos se recordarão (faz agora 22 anos) de que o governo socialista de António Guterres decidiu assumir as dívidas dos Açores e da Madeira, quase todas elas relacionadas com o serviço regional de saúde. O Estado assumiu a responsabilidade em partes iguais, perdoando 110 milhões de contos (ainda não existia …

Ler Mais »