Amar é cuidar do outro

Amar é cuidar do outro

Set 18, 2020 | amar e cuidar do outro

Pelo Pe José Júlio Rocha.

Eram Maria, chamada Madalena, de quem tinham saído sete demónios, Joana, mulher de Cusa, administrador de Herodes, Susana e muitas outras, que serviam Jesus e os discípulos com os seus bens. (Lucas 8, 2-3) São Lucas refere que muitas mulheres seguiam Jesus. Estranho e revolucionário, numa época em que praticamente só os homens participavam na vida pública, o facto de Jesus ser seguido por um grupo considerável de mulheres. De entre os “inimigos” de Jesus, de entre os que O criticavam, não se conta nenhuma mulher. Provavelmente elas pressentiam a Verdade de uma forma diferente. Julgo que ainda hoje é assim.

Fonte: Igreja Açores

Ver também

“Perdeu-se dentro da sociedade e da família alguma capacidade de tratar do outro, sobretudo do mais velho”

Rute do Couto, médica cardiologista, é a convidada do programa Igreja Açores A evolução da saúde permitiu uma maior longevidade e qualidade de vida, mas também permitiu a perda de capacidade das famílias e da sociedade em geral de olhar para o mais velho e ajudá-lo a passar a última fase da sua vida, em […] O conteúdo “Perdeu-se dentro da sociedade e da família alguma capacidade de tratar do outro, sobretudo do mais velho” aparece primeiro em Igreja Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *