Igreja do Santo Cristo reabre hoje depois de obras de recuperação e restauro do teto e azulejaria

Igreja do Santo Cristo reabre hoje depois de obras de recuperação e restauro do teto e azulejaria

14 de Junho, 2020 0 Por Azores Today

Igreja do Santo Cristo reabre hoje depois de obras de recuperação e restauro do teto e azulejaria

Jun 14, 2020 | Manchete

Duas missas diárias destinadas a grupos distintos é a principal novidade desta reabertura depois das obras e da pandemia

A partir deste domingo os fieis poderão regressar às celebrações na Igreja do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, depois das obras de recuperação, conservação e limpeza do tecto interior do espaço.

A primeira fase das obras deveria ter terminado em abril, a tempo da reabertura para a festa do Senhor Santo Cristo, no passado mês de maio, e prosseguiriam em setembro. Como a pandemia obrigou ao cancelamento da festa e a equipa de restauro se encontrava em Ponta Delgada, a Reitoria do Santuário decidiu prolongar um pouco mais o encerramento da Igreja para poder concluir todos os trabalhos e assim não necessitar de encerrar mais este ano. Além do tecto foram recuperados os azulejos, que foram retirados, limpos e recolocados com novas técnicas de aplicação.

Há duas novidades nesta reabertura do espaço, que passa a ter uma lotação máxima de 60 pessoas: de segunda a domingo, a Igreja oferecerá duas missas- às 8h00 e às 9h00- de forma “a facilitar a participação de um maior número de fieis” destaca o cónego Adriano Borges, reitor do Santuário.

“Gostávamos que as pessoas que habitualmente vêm à Missa ao Santo Cristo não fossem privadas de o fazer. Como há uma redução dos lugares, por razões de segurança e de proteção da saúde, celebraremos duas missas: uma destinada a pessoas que trabalham e que têm que assumir compromissos mais cedo e outra destinada, preferencialmente, a pessoas mais velhas e com outra disponibilidade” adiantou o sacerdote ao programa de rádio Igreja Açores.

Além dos novos horários há igualmente uma novidade no que respeita à Imagem que passa a estar num andor mais próxima da grade de forma a que a partir da Igreja possa haver um contacto visual maior e mais facilitado por parte dos peregrinos.

O Santuário garante que foram tomadas todas as precauções de forma a que este espaço seja seguro do ponto de vista da saúde pública.

“Haverá uma higienização permanente do espaço e existirão acolhedores” que irão orientar os acessos e monitorizar o espaço de forma a garantir o devido distanciamento social entre os peregrinos.

“Fizemos a experiência no ano passado e correu muito bem porque as pessoas ficam mais próximas do Senhor Santo Cristo sem a necessidade de estarem sempre a entrar de forma condicionada na sua capela” frisou o cónego Adriano Borges, sublinhando que este ano, dadas as contingências resultantes das determinações das autoridades de saúde para as Igrejas, nomeadamente o uso de máscara, o distanciamento social e a impossibilidade de ajuntamentos, esta opção “ainda fará mais sentido”.

Nesta Igreja fica por concluir a intervenção no altar mor, que já foi iniciada mas que ainda carece de uma nova intervenção.

“Há problemas de térmitas em toda a estrutura do edifício e o altar mor não foi poupado. Já tratamos uma parte mas há zonas onde não conseguimos chegar e por isso teremos de assumir este tratamento como uma prioridade, mas não será durante o verão”, adiantou ainda o cónego Adriano Borges ao Igreja Açores.

Além desta intervenção está prevista também a construção de uma livraria na zona onde habitualmente se recolhiam as velas que funcionará como uma espécie de loja oficial do Santuário embora não venda os produtos que habitualmente são colocados Roda.

“Será um espaço a partilhar com a livraria diocesana que será deslocalizada da Rua dos Mercadores e que venderá artigos religiosos, sobretudo livros” esclareceu o sacerdote.

Este ano pela primeira vez Ponta Delgada não acolheu as Festas do Senhor Santo Cristo por causa da Covid-19 , mas o reitor relembra que “na primeira oportunidade terá de haver uma celebração própria”.

As festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres são as mais importantes festas religiosas organizadas pela Igreja nos Açores e uma das mais significativas expressões da Religiosidade popular açoriana, a par do culto ao Divino Espírito Santo.

O Santuário estará aberto diariamente até às 18h30.

Fonte: Igreja Açores