Não cantem vitória antes do tempo», pede o Papa a populações em desconfinamento

Não cantem vitória antes do tempo», pede o Papa a populações em desconfinamento

7 de Junho, 2020 0 Por Azores Today

Não cantem vitória antes do tempo», pede o Papa a populações em desconfinamento

Jun 7, 2020 | noticias do vaticano

Francisco recorda situação «terrível» que persiste em vários países

O Papa apelou hoje à calma, nos países que vivem fases de desconfinamento no combate à pandemia de Covid-19, e recordou a situação “terrível” que se vive ainda noutras nações.

“Muita atenção, não cantem já vitória, não cantem vitória antes do tempo”, disse aos peregrinos que se reuniram pela segunda semana consecutiva na Praça de São Pedro, para a recitação da oração do ângelus.

Francisco saudou em particular os peregrinos romanos, considerando que a sua presença neste tradicional encontro de domingo – que esteve suspenso durante várias semanas, entre março e maio – é um “sinal de que na Itália a fase mais aguda da epidemia foi superada”.

“Continua a ser necessário seguir com cuidado as normas vigentes, porque são normas que nos ajudam a evitar que o vírus ganhe força”, precisou.

“Sempre com as prescrições dadas pelas autoridades”, recomendou ainda.

O Papa destacou que, “infelizmente”, noutros países o vírus está ainda a “fazer muitas vítimas”.

“Na última sexta-feira, só num país [Brasil, ndr], morreu uma pessoa por minuto. Terrível”, observou.

Francisco quis manifestar a sua proximidade a estas populações, aos doentes e seus familiares, e a todos os que cuidam deles.

“Aproximemo-nos deles, com a nossa oração”, pediu, desde a janela do apartamento pontifício.

Foto: Vatican Media

A pandemia de Covid-19 já causou cerca de 396 mil mortos em todo o mundo desde que o coronavírus foi detetado na China em dezembro de 2019, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP, este sábado.

A Europa é continente com mais mortes (182 mil), seguida da América do Norte (117 mil) e a América Latina (63 mil).

(Com Ecclesia)

Fonte: Igreja Açores