Igreja do Santo Cristo reabre na terceira semana de junho

Igreja do Santo Cristo reabre na terceira semana de junho

4 de Junho, 2020 0 Por Azores Today

Igreja do Santo Cristo reabre na terceira semana de junho

Jun 4, 2020 | Manchete

Obra de recuperação e limpeza do tecto interior da Igreja já está concluída. Reitor espera poder ter tudo pronto de forma a começar as celebrações no espaço a partir de domingo, dia 14 de junho

A Igreja do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres deverá reabrir aos peregrinos na terceira semana de junho depois de concluídas as obras de reabilitação, conservação e limpeza do tecto interior.

A data foi avançada ao Sítio Igreja Açores pelo Reitor, cónego Adriano Borges, que fala apenas em limpezas gerais que poderão atrasar ligeiramente o dia previsto para a reabertura que é domingo dia 14.

A Igreja está encerrada desde o final do verão do ano passado e foi alvo de obras significativas, nomeadamente a limpeza, restauro e pintura do tecto interior, “que se encontrava danificado porque a última intervenção tinha sido feita em 1957”, bem como a recolocação de toda a azulejaria.

“90% dos azulejos da igreja foram retirados, limpos e recolocados com novas técnicas de aplicação, mais robustas” adiantou ainda o sacerdote que sublinhou a necessidade de uma intervenção maior da que já foi feita no altar mor.

“Há problemas de térmitas em toda a estrutura do edifício e o altar mor não foi poupado. Já tratamos uma parte mas há zonas onde não conseguimos chegar e por isso teremos de assumir este tratamento como uma prioridade, mas não será durante o verão”, adiantou ainda o cónego Adriano Borges ao Igreja Açores.

Além desta intervenção está prevista também a construção de uma livraria na zona onde habitualmente se recolhiam as velas que funcionará como uma espécie de loja oficial do Santuário embora não venda os produtos que habitualmente são colocados Roda.

“Será um espaço a partilhar com a livraria diocesana que será deslocalizada da Rua dos Mercadores e que venderá artigos religiosos, sobretudo livros” esclareceu o sacerdote.

Durante este verão e depois da reabertura da Igreja, a imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres, uma das mais veneradas pelos açorianos ficará mais próxima da grade, num andor recuperado, praticamente igual ao que transporta a Imagem nos dias de procissão.

“Fizemos a experiência no ano passado e correu muito bem porque as pessoas ficam mais próximas do Senhor Santo Cristo sem a necessidade de estarem sempre a entrar de forma condicionada na sua capela” frisou o cónego Adriano Borges, sublinhando que este ano, dadas as contingências resultantes das determinações das autoridades de saúde para as Igrejas, nomeadamente o uso de máscara, o distanciamento social e a impossibilidade de ajuntamentos, esta opção “ainda fará mais sentido”.

Este ano pela primeira vez Ponta Delgada não acolheu as Festas do Senhor Santo Cristo por causa da Covid-19 , mas o reitor relembra que “na primeira oportunidade terá de haver uma celebração própria”.

As festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres são as mais importantes festas religiosas organizadas pela Igreja nos Açores e uma das mais significativas expressões da Religiosidade popular açoriana, a par do culto ao Divino Espírito Santo.

Fonte: Igreja Açores