Bispos europeus pedem recuperação que «não deixe ninguém para trás»

Bispos europeus pedem recuperação que «não deixe ninguém para trás»

Jun 4, 2020 | Manchete

Mensagem conjunta dos organismos episcopais alerta para impactos da pandemia

Os organismos representativos dos bispos católicos na Europa lançaram hoje um apelo conjunto em defesa das populações mais atingidas pela crise sanitária, social e económica provocada pela pandemia de Covid-19.

“Vamos todos trabalhar juntos para uma recuperação que não deixe ninguém para trás”, refere um comunicado enviado hoje à Agência ECCLESIA pela Comissão dos Episcopados Católicos da União Europeia (COMECE) e o Conselho das Conferências Episcopais da Europa (CCEE).

As presidências dos organismos estiveram reunidas por videoconferência, esta quarta-feira, para analisar o impacto da pandemia na vida das comunidades católicas e da sociedade.

A posição conjunta manifesta preocupação “com a crise económica e a consequente perda de um grande número de empregos”.

Os representantes dos bispos católicos destacam o papel central desempenhado pela família, “a verdadeira célula de solidariedade e partilha”, fundamental para a “recuperação social, económica e eclesial”.

A COMECE e o CCEE agradece aos padres pelo seu serviço durante o período de crise, “alguns também sacrificando suas próprias vidas”.

As duas presidências enfatizaram a “forte limitação” imposta à liberdade de religião no contexto do encerramento de locais de culto e da proibição de liturgias, “pedindo o restabelecimento de relações normais entre Igreja e Estado, baseadas no diálogo e no respeito pelos direitos fundamentais”.

(Com Ecclesia)

Fonte: Igreja Açores

Ver também

Há dois mil anos, um homem pediu água a uma mulher

Pelo padre José Júlio Rocha Isabel I de Inglaterra (1533-1603), com o estranho cognome de “Rainha Virgem”, reinou durante os conturbados anos da reforma anglicana, já que era filha do incontornável Henrique VIII. Entrou em violentos conflitos diplomáticos com Roma e com países católicos, como a Espanha (e Portugal) do também incontornável Filipe II. A […] O conteúdo Há dois mil anos, um homem pediu água a uma mulher aparece primeiro em Igreja Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *