Açores reabrem respostas sociais e aulas de 11.º e 12º retomam em São Miguel

Açores reabrem respostas sociais e aulas de 11.º e 12º retomam em São Miguel

Mai 25, 2020 | Em destaque

Depois das igrejas, com celebrações comunitárias, agora são as creches e as escolas a voltarem a acolher crianças e jovens

As respostas sociais, encerradas devido à pandemia, reabrem hoje no Pico, Faial, Terceira e São Jorge, e na ilha de São Miguel são retomadas as aulas dos 11.º e 12.º anos para alunos inscritos em exames nacionais.

As diferentes ilhas dos Açores têm prazos de retoma de atividades diferentes, sendo que, nesta altura, apenas em São Miguel e no Pico há ainda casos ativos, oito na maior ilha açoriana e um no Pico.

As creches, jardins de infância, centros de atividade ocupacionais, centros de noite e de dia e serviço de amas, do setor social e cooperativo, que estavam encerradas desde março na sequência da pandemia covid-19, reabrem hoje no Pico, Faial, Terceira e São Jorge e em São Miguel e Graciosa está prevista a abertura destas unidades para a próxima semana.

A resolução aprovada na semana passada pelo Governo Regional também autoriza a abertura, no final do ano letivo, dos centros de atividades de tempos livres a tempo inteiro, para crianças com idades entre os 6 e os 12 anos ou, além desta idade, em situações especiais, nas ilhas do Pico, Faial, Terceira, São Jorge, São Miguel e Graciosa.

Esta abertura é precedida da realização de testes de despiste à covid-19 a todos os trabalhadores dessas valências.

É determinado ainda o uso obrigatório de máscaras pelos funcionários e a disponibilização aos mesmos de desinfetante de mãos.

O Governo dos Açores sublinha que a reabertura resultou da “avaliação preconizada e do acompanhamento permanente do evoluir da pandemia, em consonância com a Autoridade de Saúde Regional, tendo sido precedida da auscultação das Instituições Particulares de Solidariedade Social e Misericórdias com intervenção nestas áreas”.

No caso das valências de creche, ama, jardim de infância e centros de atividades de tempos livres “é determinado que se mantenha o distanciamento físico das crianças, ajustando-o à natureza da atividade lúdico-pedagógica a desenvolver, sem comprometer os seus objetivos, se necessário, com recurso à redução do número de crianças por sala”, explica.

O documento refere ainda que também deve ser maximizado o distanciamento físico entre as crianças quando estão em mesas, berços ou espreguiçadeiras, o que pode ser garantido pelo cumprimento da distância recomendada de 1,5 a 2 metros entre crianças, entre outras medidas.

Para a valência de centros de atividades ocupacionais, “as orientações aplicadas devem ter em conta as adaptações às características dos utentes, a natureza das atividades desenvolvidas e dos cuidados prestados”, informa.

No que refere à comunidade escolar, a região está a testar mais de 5.600 membros no regresso às aulas presenciais, adiantou na semana passada o chefe do executivo açoriano.

De visita à Escola Secundária da Lagoa, o presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, apontou que, naquela escola, “tudo está preparado para esta retoma das aulas do 11.º e 12.º anos, relativamente a alunos que estão inscritos em exames nacionais”.

A nível regional, salientou o governante, já foram e estão a ser realizados testes de despiste à covid-19 a toda a comunidade escolar, incluindo alunos, pessoal docente e funcionários.

No grupo central – Terceira, Faial, Pico, São Jorge e Graciosa -, as aulas presenciais foram retomadas na segunda-feira passada, mas apenas para os alunos que fazem exames para ingresso no ensino superior, regra que se aplica também a São Miguel a partir de hoje.

(Com Lusa)

Fonte: Igreja Açores

Ver também

Às Terças no Fringe há Conversas com Escritores – Terry Costa

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *