Governo Regional concede tolerância de ponto embora não haja festa do Senhor Santo Cristo

Governo Regional concede tolerância de ponto embora não haja festa do Senhor Santo Cristo

15 de Maio, 2020 1 Por Azores Today

Governo Regional concede tolerância de ponto embora não haja festa do Senhor Santo Cristo

Mai 15, 2020 | Em destaque

Segunda feira será feriado municipal em Ponta Delgada O presidente do Governo açoriano concedeu tolerância de ponto aos trabalhadores da administração pública regional dos serviços sediados em São Miguel na próxima segunda-feira, dia seguinte ao domingo das festas do Santo Cristo. O despacho assinado por Vasco Cordeiro considera que, “não obstante a declaração de situação de calamidade no concelho do Nordeste e de situação de contingência nos restantes concelhos da ilha de São Miguel, existem serviços públicos da administração regional direta e indireta, institutos públicos e empresas públicas, em regime de teletrabalho, bem como serviços públicos essenciais não encerrados”. O chefe do executivo açoriano frisa, no entanto, que esta tolerância de ponto, concedida a exemplo dos anos anteriores, “não pode ser entendida como flexibilização” das orientações da Autoridade de Saúde a propósito da covid-19. É, por isso, sublinhada a necessidade de serem “escrupulosamente cumpridas” indicações como, por exemplo, as “relativas ao distanciamento social”. Quanto aos serviços considerados essenciais, os seus dirigentes devem promover a equivalente dispensa dos seus trabalhadores num dia a fixar oportunamente e após a cessação da situação de contingência, lê-se ainda. As festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres, as maiores festividades religiosas dos Açores, que têm por referência a imagem do “Ecce Homo”, começariam hoje na cidade de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, mas não se irão realizar na data prevista, pela primeira vez em 320 anos, devido à pandemia da covid-19. As festividades serão assinaladas com “momentos nas redes sociais” e através da comunicação social. A imagem do Santo Cristo permanece no convento durante todo o ano, só saindo à rua no quinto fim de semana a seguir à Páscoa, em festividades que atraem anualmente até à ilha de São Miguel milhares de devotos, incluindo emigrantes dos Estados Unidos da América e do Canadá. A procissão do domingo, que percorre anualmente as ruas do centro da cidade, num percurso de vários quilómetros ornamentado por tapetes de flores, constitui um dos pontos altos das festas. No sábado, durante a manhã, algumas centenas de devotos do Santo Cristo percorrem habitualmente de joelhos o empedrado do campo de São Francisco, em pagamento de promessas. Antes é realizada a procissão da mudança da imagem do “Ecce Homo” do coro baixo do Convento da Esperança para a igreja anexa. Coincidindo com os festejos, a cidade de Ponta Delgada celebra anualmente na segunda-feira do Santo Cristo o seu feriado municipal. O presidente da autarquia, Humberto Melo, já adiantou que será “respeitada a observância do feriado municipal”, apelando, no entanto, a que os munícipes “não se dirijam ao Campo de São Francisco e que acompanhem a festa “através da comunicação social e das redes sociais”. Até ao momento, já foram detetados na região um total de 145 casos de infeção, verificando-se 95 recuperações, 16 óbitos e 34 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19. Destes, 26 são em São Miguel, dois na Graciosa, um em São Jorge, três no Pico e dois no Faial. A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 302 mil mortos e infetou quase 4,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados. Em Portugal, morreram 1.184 pessoas das 28.319 confirmadas como infetadas, e há 3.198 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde. (Com Lusa

Fonte: Igreja Açores