Reunião conjunta dos conselhos Pastoral e Presbiteral adiada para outubro

Reunião conjunta dos conselhos Pastoral e Presbiteral adiada para outubro

14 de Abril, 2020 0 Por Azores Today

Reunião conjunta dos conselhos Pastoral e Presbiteral adiada para outubro

Abr 14, 2020 | Em destaque

Assembleia estava agendada para o próximo dia 30 de abril em Ponta Delgada, no Centro Pastoral Pio XII

A reunião conjunta dos Conselhos Pastoral Diocesano e Presbiteral, agendada para o dia 30 de abril para discutir o documento da Caminhada Sinodal, foi adiada para outubro- 2 a 5 de outubro- e realizar-se-á em Ponta Delgada, no Centro Pastoral Pio XII.

A decisão de adiamento desta que é uma assembleia inédita na diocese de Angra prende-se com a situação de contingência em que se encontra a região e o país devido à pandemia provocada pelo Covid-19.

Esta reunião tem por objetivo refletir sobre as conclusões do trabalho iniciado em outubro passado, aquando da abertura do ano pastoral, sobre os três temas que animam a caminhada sinodal da igreja católica nos Açores e que foram propostos para reflexão nas diferentes estruturas intermédias.

Entretanto a Comissão Coordenadora da Caminhada Sinodal (CCCS), liderada pelo Vigário Geral, Cónego Hélder Fonseca Mendes, e composta maioritariamente pelos membros dos conselhos permanentes destes dois órgãos diocesanos de consulta do bispo, está a preparar o documento final que será discutido nessa reunião de outubro.

Esse documento será o resultado da auscultação feita às estruturas intermédias e de base da diocese sobre três temas: a realidade social açoriana, a relação entre a cultura e a Igreja e a situação eclesial no arquipélago.

“Para podermos recuperar o tempo que esta pandemia nos vai roubando, a Comissão Coordenadora, a partir das propostas que já foram apresentadas, irá delinear um breve texto com as linhas de força para o exercício pastoral renovado na diocese que atenda aos desafios lançados na análise aos Sinais dos Tempos” exorta D. João Lavrador numa carta enviada a todos os membros desta assembleia, agora adiada para outubro.

A diocese dinamizou, com os textos disponíveis, a consulta dos grupos e movimentos paroquiais e de outras instâncias locais com participação na comunidade civil, bem como os religiosos, os serviços diocesanos, instituições de formação e outros organismos.

Fonte: Igreja Açores