Amar é ficar em casa

Amar é ficar em casa

Abr 6, 2020 | amar e ficar em casa

Pelo Pe José Júlio Rocha.

«O Senhor é minha luz e salvação: a quem hei de temer? O Senhor é protetor da minha vida: de quem hei de ter medo?» (Salmo 27) Lutero dizia que só a fé é que nos salva. A Igreja Católica, por seu lado, diz que o que nos salva é a fé mas também as obras. As boas obras. Nestes tempos, não podemos esperar, de braços cruzados, que Deus nos venha salvar desta pandemia. A isto chamaríamos uma “fezada”, sem qualquer sentido. Mas não deixa de ser uma tentação para muitos “religiosos”. A Fé sem obras é morta, diz São Tiago. Façamos, por isso, tudo o que está ao nosso alcance para vencer esta batalha e Deus estará connosco. O medo, de que fala o salmo 27, é natural ao ser humano, mas também pode ser perigoso: o medo leva-nos a fugir do perigo, gera a coragem. Mas, desmesurado, é também o pai da agressividade e da violência: é o maior inimigo do amor. Fé, confiança, abandono a um Deus que é Amor, afastam-nos desse medo que tolhe a esperança. Não tenhamos medo. Confiemos nos homens, confiemos em Deus. Nesta Semana Santa silenciosa, que a nossa fé grite mais alto: “O Senhor é protetor da minha vida: de quem hei de ter medo?”

Fonte: Igreja Açores

Ver também

Covid-19: mais um dia sem casos positivos nos Açores (Vídeo)

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *