COMISSÃO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO CIVIL REIVINDICA EPI’S E MOSTRA PREOCUPAÇÃO COM GRUPOS DE RISCO

COMISSÃO MUNICIPAL DE PROTEÇÃO CIVIL REIVINDICA EPI’S E MOSTRA PREOCUPAÇÃO COM GRUPOS DE RISCO

31 de Março, 2020 1 Por Azores Today

No âmbito da pandemia por covid-19 e consequente ativação do Plano Municipal de Emergência, a Autoridade Municipal de Proteção Civil da Ribeira Grande convocou uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil que teve lugar na sala de crise do quartel dos bombeiros voluntários da Ribeira Grande.

Durante a reunião extraordinária foram abordados vários pontos de interesse para salvaguarda das pessoas durante o estado de emergência em vigor há quase duas semanas e feito o ponto da situação em relação às medidas em vigor e os ajustes que podem ser feitos no sentido de reforçar a ação das entidades competentes no terreno.

No final da reunião, o presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, deu conta das preocupações manifestadas pelos diversos elementos que integram a comissão, com especial enfoque nos equipamentos de proteção individual.

“Foram levantadas algumas questões relativamente à falta de equipamentos de proteção individual para bombeiros, agentes da PSP, GNR e serviços de saúde. A autarquia comprometeu-se em fazer o levantamento das necessidades e comunicar as carências às entidades competentes para que as mesmas possam ser suprimidas no mais curto espaço de tempo”, referiu.

Alexandre Gaudêncio vincou que “a Câmara poderá avançar para a aquisição de equipamentos de proteção individual de modo a salvaguardar a ação, no terreno, dos vários agentes que estão na linha da frente do combate à pandemia.”

Outro assunto que mereceu atenção no decorrer da reunião é a “situação dos grupos de risco no âmbito da pandemia e a preocupação das entidades competentes – direção regional de saúde e segurança social – traçaram um plano de atuação urgente para salvaguarda, muito em particular, dos idosos do concelho”, acrescentou o autarca.

Também a situação dos pescadores foi abordada com a Autoridade Marítima a mostrar preocupação pelo facto de ser “necessário implementar medidas urgentes de higienização das embarcações de pesca e reforçar a fiscalização para evitar sobrelotação nos barcos”, revelou Alexandre Gaudêncio.

Foi igualmente “reiterado pelos presentes a necessidade da Autoridade de Saúde fornecer às entidades municipais os dados estatísticos por concelho no que concerne ao número de pessoas infetadas, em quarentena ou em vigilância ativa”, revelou Alexandre Gaudêncio.

A concluir a reunião, os presentes sustentaram a necessidade de se “articularem circuitos de comunicação ao nível da ação social municipal e regional no que concerne aos pedidos de apoio para evitar que se verifique duplicação de apoios.”

Marcaram presença nesta reunião extraordinária da Comissão Municipal de Proteção Civil representantes da Câmara da Ribeira Grande, Núcleo de Ação Social, PSP, Bombeiros, GNR, Polícia Marítima, Unidade de Saúde de Ilha e o representante das juntas de freguesia do concelho da Ribeira Grande.

Fonte: Câmara Municipal Ribeira Grande