A Palhaçada do confinamento nos Hotéis

Fujam imediatamente as virgens ofendidas e escusem-se ao comentário porque, tal como indica o título, acho mesmo que tudo isto é uma imensa palhaçada, em que somos nós os bobos da corte. Quem não gosta do que penso passe imediatamente para fora daqui.

Há semanas que andamos todos aos berros: Fechem os aeroportos! O Governo Regional diz que depende de Lisboa, Lisboa diz que não, os Açores ameaçam mesmo assim fechar e o resultado? Zero! Entrou quem quis, como quis, e nós os burros a assistir de camarote, tremendo como canas verdes.

Noutros lugares, com gente na governação, muito mais inteligentes, muito mais defensores da sua terra e não do ilustre traseiro eleitoral, fecharam tudo e confinaram os turistas e suspeitos a hotéis, logo no início da crise. Aqui deste lado, são os açorianos os culpados porque um tolo qualquer queria ir de férias, porque viram alguém a passear. Meus amigos, eu vi, no pouco que saí para ir às compras, no espaço de 3 quilómetros, inúmeros turistas. Recebo relatos de imensos turistas a passearam. Tenho relatos de pedidos de reservas de alojamento e aluguer de viaturas. Mas os açorianos, estes ficam fechados em casa ou levam na cabeça.

Por cá, a rebaldaria costumeira, inundada de informações imprecisas. Sim imprecisas, há várias semanas que oiço falar das Furnas, como todos ouviram certamente, assim como ouvimos de várias localidades, aonde vários idiotas não cumpriram a quarentena obrigatória. Mas, suas ilustres inteligências, alguém no seu perfeito juízo acha que iam mesmo cumprir??? Onde está o papel fiscalizador e de salvaguarda da segurança de todos que compete ao Estado? Está no raio que os parta e no politicamente correto que deviam enfiar no tal lugar.

Por cá, e finalmente, mas demasiado tarde no meu entender, começam a confinar todos os que aqui chegam a um hotel para fazer a quarentena. Quando digo todos, refiro-me aos que não têm outro remédio que mais não seja regressar à sua terra, mas falo também de turistas. Estes últimos acabam de ganhar umas férias de 14 dias com tudo pago nos Açores. Não seria de gente séria que eles nem saíssem do avião? Que irresponsabilidade é esta que continuam a colocar na nossa terra, junto com as nossas gentes, potenciais portadores do vírus, tudo ao monte e Fé em Deus? Afinal, isto é, saúde pública ou um negócio hoteleiro?

Negócio este ao que parece ainda mal contratualizado, uma vez que segundo um individuo em quarentena, as pessoas nestas condições partilham salas de refeições, talheres e travessas, num serviço buffet, afinal onde fica a segurança e proteção daqueles que, em quarentena, ainda não estão contagiados?

Meus “amigos” que nos governam, vão para o diabo com todo este desnorte governativo porque se o vosso medo é perder eleições, o meu medo é perder a minha vida, dos meus familiares e amigos. Ponham isto numa balança e que vos pese nas vossas idiotas consciências.

Jamais alguém diga à minha frente que o Governo Regional fez tudo que esteva ao seu alcance porque é MENTIRA! Saia imediatamente da minha frente esta cambada de lambedores de botas que têm o ordenado garantido, mas eu, tal como muitos açorianos, não tenho. Calem-se já com o que “temos de estar todos unidos”, porque eu tenho cabeça para pensar e boca para falar e não aceito a forma como as coisas estão e parece que vão continuar a estar. E atenção, isto só agora começou.

Que Deus permita eu cá estar para ver suas excelências irresponsáveis pagarem por tudo isto e que me dê muitas forças para ajudar a vos dar um valente pontapé nos vossos honrosos traseiros destas cadeiras douradas a que tanto se habituaram.

Abram imediatamente todos os olhos porque se quem passar por tolos eu não quero.

 

José Pacheco

Ver também

Coronavírus leva ao isolamento do concelho da Povoação (Vídeo)

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *