O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, destacou a “forte adesão dos jovens do concelho em idade escolar que se envolveram e participaram ativamente na primeira edição do Orçamento Participativo Jovem”, projeto desenvolvido pela autarquia, pela primeira vez, ao longo do último trimestre do corrente ano.

“A significativa adesão dos jovens ao projeto ficou bem vincada em duas fases: na primeira, aquando da submissão das propostas e, na segunda, no momento da votação”, apontou o edil, não escondendo a satisfação por se verificar que “as propostas finalistas recolheram um total de 3366 votos, ou seja, verificou-se um envolvimento da comunidade escolar acima dos 80%”, vincou.

À primeira edição do Orçamento Participativo Jovem foram submetidos vinte e dois projetos para análise da equipa técnica (dezassete na vertente escolar e cinco de âmbito concelhio), tendo passado nove à fase de votação.

Apurados os resultados, na vertente concelhia venceu o projeto “Construção de um mini-ginásio na EB/JI de Santa Bárbara”, proposto por Márcia Amorim. Já na vertente escolar o primeiro lugar foi para a proposta “Parque infantil no recreio – EB/JI de Santa Bárbara”, que recolheu 783 votos. Na segunda posição ficou “Projetores a um passo da inovação”, a implementar na EB1/JI Luísa Constantino, na vila de Rabo de Peixe, enquanto o terceiro lugar foi alcançado pela proposta “Remodelação da sala de convívio” da escola secundária da Ribeira Grande, com 543 e 509 votos, respetivamente.

Orçado em 100 mil euros, o Orçamento Participativo Jovem contempla 55 mil euros para o concelhio e os restantes 45 mil euros serão repartidos igualmente pelos projetos vencedores a nível escolar, prevendo-se a implementação das propostas vencedores no decorrer do próximo ano.

Acompanhado pela vereadora Cátia Sousa, Alexandre Gaudêncio acrescentou, em jeito de conclusão, que “o Orçamento Participativo Jovem assume um relevante papel no reforço da cidadania junto dos mais jovens” e congratulou “todos aqueles que se envolveram e contribuíram para que a primeira edição da iniciativa fosse coroada de sucesso.”

O presidente da Câmara da Ribeira Grande salientou ainda a “preocupação da autarquia em envolver todos os estabelecimentos de ensino do concelho de modo a que o Orçamento Participativo Jovem alcançasse uma elevada abrangência no que diz respeito à identificação das lacunas que os jovens entendem ser necessárias suprir.”

Fonte: Câmara Municipal Ribeira Grande

Deixar uma resposta