Trinta e dois anos a promover o culto mariano na ilha Terceira

Dez 3, 2019 | Em destaque

Santuário de Nossa Senhora da Conceição em festa durante esta semana para assinalar o Dia da Imaculada Conceição no próximo domingo

Termina esta sexta-feira o novenário preparatório da Festa de Nossa Senhora da Conceição, cujo Santuário, em Angra do heroísmo, celebra 32 anos e a sua confraria 302.

Durante os próximos dias vários pregadores irão passar pela Santuário para celebrar a palavra, sempre ao fim da tarde.

O primeiro dia grande de festa será o dia 6 de dezembro com uma Vigilia organizada pelo Movimento das Equipas de Nossa Senhora que habitualmente reúne dezenas de participantes que enchem por completo a igreja da Conceição. No sábado serão celebradas vésperas pelo Seminário Episcopal.

Ás 12h00 do dia 8 de dezembro, a mesa da Confraria e restantes confrades participarão na Missa , consagrando a Nossa Senhora os novos membros que passarão a integrar a Confraria de Nossa Senhora da Conceição.

Diariamente, até dia 7 de dezembro haverá confissões, às 18h30, seguida da recitação do Rosário, às 19h30 e de Eucaristia com sermão às 20h00.

No dia 7 de dezembro serão celebradas vésperas, pelo Seminário Episcopal de Angra.

No dia 8 de dezembro, a Solenidade da Imaculada Conceição é celebrada com várias Missas com particular destaque para a já tradicional celebração presidida pelo bispo de Angra.

O culto de Nossa Senhora da Conceição é um dos mais antigos em Angra do Heroísmo. A primeira igreja de Angra que lhe é dedicada é mandada construir em 1470, a Igreja de Nossa Senhora da Conceição que o sismo de 1980 haveria de destruir.

Com a reabertura do templo reconstruído, no momento em que se celebrava o Ano Episcopal Mariano, o pedido de elevação da Igreja de Nossa Senhora da Conceição a Santuário Mariano foi feito nesse mesmo ano de 1987 pelo pároco da altura, Pe Adão Teixeira, benesse que foi concedida ainda no mesmo ano pelo Bispo de Angra, D. Aurélio Granada Escudeiro.

Desde então este é um importante santuário de peregrinação na ilha Terceira, tendo sido seus reitores os Padres Adão Teixeira, João Maria Mendes, Jorge Mendonça e, atualmente, Francisco Dolores.

Foi aqui também que se realizou o primeiro Encontro de Santuários Marianos Portugueses, em Novembro de 2003, altura em que renasceu a Confraria de Nossa Senhora da Conceição, criada em Dezembro de 1717 mas que no inicio do Século XX haveria de perder importância.

Há sete anos a Assembleia Legislativa dos Açores aprovou um Voto de Congratulação pelas bodas de prata deste Santuário.

Fonte: Igreja Açores

Deixar uma resposta