O deputado do PSD/Açores, Carlos Ferreira, considera que os 700 euros mensais “que o governo propõe para os bombeiros tripulantes de ambulância da Região, não reconhecem nem valorizam a sua missão. Esse reconhecimento dos bombeiros açorianos deve passar, também, pela sua valorização profissional e pela melhoria das suas condições de vida”, defendeu.

Fonte: PSD Açores

Deixar uma resposta