O PSD/Ribeira Grande acusou hoje o PS local de “tentar iludir os munícipes do concelho com propaganda politica enganosa, cujo único objetivo é denegrir a imagem do executivo camarário liderado por Alexandre Gaudêncio”, afirmam.

A concelhia presidida por Jaime Vieira refere-se ao recente comunicado sobre o plano e orçamento da Câmara Municipal da Ribeira Grande para 2020, “que faz uma análise pouco séria dos documentos apresentados, nomeadamente no que diz respeito aos eventos, pois analisa a coluna dos montantes acumulados nos últimos seis anos, em vez de fazer a análise do que está previsto para 2020”.

“Isso vem demostrar que o PS da Ribeira Grande tem apenas um objetivo que é iludir os ribeira-grandenses”, dizem os social democratas.

“Não se entende como podem criticar uma câmara municipal que, nos últimos anos, tornou a Ribeira Grande um concelho apelativo para investimentos e atrativo turisticamente. Isso deveu-se à estratégia seguida por este executivo”, afirmam.

“Este plano e orçamento, à semelhança dos anteriores, vem comprovar essa preocupação principal da autarquia, que é melhorar a vida dos ribeira-grandenses”, assegura o PSD local.

A concelhia social democrata lembra que a executivo camarário “ao reservar 65% das rubricas do plano para as funções sociais, comprova que tem as pessoas em primeiro lugar. Seria bom se o PS comparasse essa realidade com o que foi investido pela governação regional no concelho, ou com o que fizeram as câmaras socialistas, quando no poder”, desafiam.

O atual executivo camarário, presidido por Alexandre Gaudêncio, “apresenta, para 2020, investimento e obras em todas as 14 freguesias do concelho, o que demostra a sua dinâmica e equidade, o que o PS da Ribeira Grande não acha relevante”.

“É mesmo estranho o voto contra dos vereadores do partido socialista ao plano e orçamento, pois mostram-se contra esse crescimento harmonioso da vida nas 14 freguesias da Ribeira Grande”, dizem.

“Para o atual executivo não existem cores politicas, ao contrario do que acontece com o Governo Regional, que põe claramente os interesses partidários à frente do bem estar das populações”, critica o PSD da Ribeira Grande..

A concelhia laranja diz que “o PS critica o atraso da obra do campo de futebol de Rabo de Peixe, mas esquece-se que a anterior câmara socialista do passado abandonou por completo aquela infraestrutura, e que a requalificação daquele campo era tão cara que saía mais em conta construir de um novo campo”.

“Aliás, o PS votou contra, em assembleia municipal, o financiamento daquele campo. Ou seja, pelo partido socialista nem em 2020, nem 2021, ou 2022, a Vila de Rabo de Peixe e o seu clube teriam campo de futebol”, garantem.

A obra do campo de futebol “será uma realidade, e terá a finalização dos trabalhos no próximo ano. E, se não fossem os constrangimentos pelas reclamações no concurso da obra, a mesma já se teria iniciado em 2019”, recordam.

Para a concelho do PSD, “a melhor resposta ao comunicado do PS é dada pelo facto de a Ribeira Grande ser o melhor município da região em equilíbrio orçamental, e o sexto melhor do país. Isso é algo que nos deveria orgulhar a todos, incluindo aos vereadores socialistas”, frisam.

E concluem, dizendo que gostariam de ver o partido socialista “a criticar a falta de investimento do governo para a Ribeira Grande, em 2020. Pois, uma vez mais, o concelho é tratado como o patinho feio da Região”.

Fonte: PSD Açores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here