LAGOA RECEBE V JORNADAS REGIONAIS DA QUALIDADE

LAGOA RECEBE V JORNADAS REGIONAIS DA QUALIDADE

6 de Novembro, 2019 0 Por Azores Today

Decorreu esta manhã, na Lagoa, mais precisamente no Nonagon – Parque de Ciência e Tecnologia de São Miguel, as V Jornadas Regionais da Qualidade, promovidas pela Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ), com a co-organização da Norma-Açores.

Todos os profissionais da área e os demais interessados na temática puderam contar com a participação de vários oradores que abordaram diversos temas, nomeadamente: A qualidade VS a indústria; A qualidade como factor de produtividade; A qualidade e o seu contributo para a inovação das organizações; O sistema de qualidade da Região Autónoma da Madeira e a “Marca Açores”.

Presente, durante o evento, esteve o vereador da Câmara Municipal de Lagoa, Nelson Santos, que aproveitou a ocasião para felicitar a APQ pela organização das jornadas e a Norma-Açores pelo “percurso histórico e conceituado que tem oferecido aos Açores nos mais variados domínios”.

Nelson Santos reconheceu que a Norma-Açores, ao longo dos seus 36 anos de atividade, continua a demonstrar a sua qualidade de “adaptação e superação na satisfação dos seus clientes, mas também nos seus próprios desafios”.

Foi com satisfação que o representante da Câmara Municipal de Lagoa referiu que “a administração pública também é sinónimo de qualidade”, salientando que, o processo de certificação pela norma ISO-9001 do Serviço de Gestão de Qualidade (SGQ) da Câmara Municipal de Lagoa, obtido em 2013, na altura, apenas aos serviços dependentes do gabinete de atendimento ao município, permitiu um impulso na modernização administrativa, sendo que, este ano, este processo contínuo, teve como marco importante a certificação do SGQ pela norma ISO9001:2015, de todos os processos da Câmara Municipal, num projeto acompanhado pelo seu Gabinete de Qualidade e pela Norma Açores. São cerca de 300 colaboradores, 22 processos distintos, desde atividades de tempo livres para crianças, até ao mais comum processo de licenciamento de uma construção.

Para o executivo lagoense, obter a certificação na globalidade dos seus serviços, é um orgulho, já que somente cerca de 10% dos municípios nacionais o conseguiram, porém, “consideramos que é apenas parte do percurso de melhoria que se pretende contínuo, com responsabilidade acrescida no desenvolvimento de um serviço público de proximidade, responsabilidade, justo e com qualidade”, finalizou o vereador Nelson Santos.

Fonte: Câmara Municipal de Lagoa – Açores