A Câmara Municipal de Ponta Delgada inaugurou hoje a segunda fase da via de ligação de Santa Clara à Relva. Trata-se de uma obra estruturante e de uma antiga aspiração da população e da Junta de Freguesia de Santa Clara, cujo investimento é de aproximadamente 2 milhões de euros.
O Presidente José Manuel Bolieiro, no decorrer da inauguração da obra, referiu que a mesma veio “proporcionar melhores condições de vida à população e uma reabilitação urbana significativa ao espaço onde é hoje a sede da Junta de Freguesia de Santa Clara e toda a rua que acompanha a própria Igreja, com pavimento, com saneamento, com melhoria de acessibilidades às casas, o que antes não acontecia, além de uma maior oferta de estacionamento”.
“A intervenção da Câmara de Ponta Delgada dignifica a freguesia de Santa Clara e é uma mais-valia na qualidade de vida da população local e dos utentes, ao permitir uma melhor segurança rodoviária e da orla costeira” – acentuou, acrescentando que a segunda fase da via Santa Clara-Relva permitiu, ainda, a criação de melhores acessibilidades para o espaço onde estão sediadas várias empresas e instituições, além de privilegiar a ligação entre a cidade e a freguesia da Relva, passando por Santa Clara.
Todavia, esta foi uma obra de grande complexidade, devido à existência no subsolo de diversas infraestruturas elétricas, de telecomunicações e, inclusivamente, de pipelines que transportam os combustíveis que abastecem São Miguel e as restantes ilhas dos Açores. Situação que implicou a realização de trabalhos específicos, os quais decorreram sempre associados a uma intensa circulação de veículos pesados e em estreita colaboração com as entidades gestoras das infraestruturas públicas e privadas, serviços envolventes, Junta de Freguesia e população de Santa Clara.
Por isso mesmo, José Manuel Bolieiro agradeceu a colaboração de todos na concretização deste ambicioso projeto e salientou que “a Câmara de Ponta Delgada concretiza mais uma obra que serve e beneficia as populações” e é parte integrante da “aposta da autarquia na reabilitação e na regeneração com sentido estratégico e noção intergeracional”.
Os trabalhos de requalificação e regeneração urbana da segunda fase da via Santa Clara-Relva foram adjudicados em novembro de 2017 por 1,6 milhões de euros, mas com os investimentos que se tornaram necessários realizar ao nível do saneamento básico e de infraestruturas diversas o investimento global cifrou-se nos cerca de 2 milhões de euros.
Foi comparticipada por fundos comunitários em cerca de 770 mil euros (uma média de 46% do montante da empreitada).
A intervenção estende-se por 1,1 quilómetros, mais precisamente entre a Rotunda da Santa Clara e o terminal de combustíveis, e vem ao encontro de uma antiga aspiração e reivindicação da população e da Junta de Freguesia.
Permitiu não apenas o melhoramento da via e dos passeios, mas também a drenagem de águas pluviais, o reforço da iluminação pública e a criação de uma baia de estacionamento para melhorar a fluidez do trânsito na localidade.
Foi, aliás, construída uma laje de betão armado com uma profundidade de 3 metros para evitar a erosão costeira.

 

Fonte: C. M. de Ponta Delgada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here