Município e escuteiros são parceiros das causas públicas

A tomada de pose dos novos dirigentes da Junta de Núcleo de São Miguel do Corpo Nacional de Escutas realizou-se, hoje, ao início da tarde, no Centro Cultural de Santa Clara e contou com a presença do vereador Pedro Furtado, em representação do Presidente do Município de Ponta Delgada. O responsável autárquico iniciou o seu discurso dando os parabéns a esta nova equipa e realçando o exemplo democrático deste momento, que resultou de “uma eleição com uma participação acima dos 70%”. “Os escuteiros são os nossos parceiros das causas públicas e por isso têm sido, nos últimos 15 anos, construidas, reabilitadas e/ou requalificadas sedes para os agrupamentos, no valor aproximando de 1 milhão de euros, têm sido realizados protocolos com os movimentos escutistas, têm sido dados apoios para as várias atividades e foram atribuídos 50 mil euros para as obras da Casa do Escutista, em Santa Clara”, afirmou o vereador da autarquia. Pedro Furtado aproveitou ainda para referir que “todos estes apoios da Câmara Municipal de Ponta Delgada são mais do que merecidos em prol do bom trabalho que tem vindo a ser feito pelos escuteiros e por isso a Autarquia volta, aqui, a reforçar a sua disponibilidade para continuar a ajudar esta força vida da nossa sociedade”. Em São Miguel, o escutismo católico português iniciou-se, em 1934, na freguesia dos Fenais da Ajuda e a 1.ª Junta Regional do Corpo Nacional de Escutas nos Açores foi fundada a dezembro de 1952, na cidade de Ponta Delgada.Escuteiros  1 Fonte: C. M. de Ponta Delgada

Ver também

Conselho de Ilha de Santa Maria quer mais investimento na ilha [Vídeo]

Fonte: RTP Açores (clique neste link para ver o video)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *