Jasiel Correia foi detido duas vezes em apenas um ano, contudo, os habitantes da cidade norte-americana continuam a confiar nele.

asiel Correira II, filho de uma açoriana e de um cabo-verdiano que emigraram para os EUA há várias décadas, está a ser acusado de extorquir dinheiro a fornecedores de canábis. Contudo, alguns dos eleitores de Fall River, onde é autarca, continuam a confiar nele.

A prova é que, apenas alguns dias depois de ter sido preso pela segunda vez num ano, o lusodescendente conseguiu passar nas eleições preliminares, garantindo assim uma vaga nas eleições gerais para o cargo de mayor, com data marcada para novembro, conta o jornal USA Today.

Mesmo após a segunda detenção, levada a cabo pelo FBIJasiel Correia II, de 27 anos, recusou-se a abandonar o cargo que ocupa há dois mandatos, desde os 23 anos.

Apesar de ter passado à fase seguinte e de poder candidatar-se a mayor, Jasiel ficou em segundo lugar nesta votação, a largos votos de distância do primeiro candidato. 2777 pessoas votaram no lusodescendente, enquanto o candidato que teve mais votos conseguiu conquistar 8273. Jasiel ficou assim à frente de Erica Scott-Pacheco, que só conseguiu 606 votos.

Apesar de não ter ficado em primeiro lugar, Jasiel comemorou os resultados, juntamente com apoiantes, numa marisqueira de Fall River, uma cidade que tem cerca de 90 mil residentes, 49% dos quais portugueses e luso-americanos.

Recorde-se que, no passado dia 6 de setembroJasiel Correira II foi detido pelo FBI por, alegadamente, extorquir centenas de milhares de dólares a fornecedores de canábis que desejavam instalar as suas empresas em Fall River.

 

 

Fonte: País ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here