O presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, manifestou a intenção do município “apresentar uma candidatura para poder receber uma etapa do campeonato nacional de surf no próximo ano, intenção que entronca na aposta que a autarquia tem feito ao nível da promoção da Ribeira Grande como capital do surf”, explicou.

“Cada vez mais o surf é um desporto que reúne mais atletas de várias idades e isso permite-nos canalizar para a Ribeira Grande um conjunto de surfistas que procuram as nossas ondas para treinar ou competir. Para além disso, se a Ribeira Grande tem recebido de forma contínua provas europeias e mundiais, não vemos motivo para não figurarmos no calendário nacional”, acrescentou.

A última vez que o nacional de surf passou pela Ribeira Grande foi em 2009 e volvida uma década “nunca existiram condições como agora para voltarmos a receber uma etapa do nacional”, destacou Alexandre Gaudêncio, presidente que anunciou esta novidade na sessão de entrega de prémios do Ribeira Grande Pro Júnior.

Alexandre Gaudêncio vincou que “agora que o surf é um desporto olímpico estão reunidas novas condições para que a modalidade possa crescer mais ainda e isso poderá refletir-se em mais-valias para a Ribeira Grande, tanto ao nível da motivação que cria nos nossos jovens atletas como na possibilidade de continuarmos a evoluir como destino privilegiado para a prática desta modalidade.”

O Ribeira Grande Pro Júnior teve lugar entre 13 e 15 de setembro, na praia de Santa Bárbara, consagrando Malakai Martinez (masculinos) e Lucia Machado (femininos) campeões da Europa. Entretanto, nesta terça-feira arranca mais uma etapa de qualificação para o mundial de surf – o Azores Airlines Pro WQS 6000 – da World Surf League, evento que decorre até domingo, 22 de setembro.

 

Fonte: Câmara Municipal Ribeira Grande

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here