Antigos Provedores da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo homenageados A…

Antigos Provedores da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo homenageados A…

22 de Agosto, 2019 0 Por Azores Today

Antigos Provedores da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo homenageados

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo homenageou os antigos Provedores da instituição, na sessão Solene de Abertura das Festas do Senhor Bom Jesus da Pedra, cerimónia realizada na quarta-feira, 21 de agosto, no Consistório.
Na cerimónia, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Dr. Ricardo Rodrigues (um dos homenageados, tendo sido Provedor entre 2015 e 2018), afirmou que foi “um privilégio poder estar numa sessão desta natureza, cuja iniciativa do Provedor, enche a Santa Casa de honra e de brilho”, sendo “uma justa homenagem todos quantos prestaram este serviço à nossa comunidade e à qual a Autarquia se associa”.
“Homenagear aqueles que tiraram do seu tempo para, aqui, prestar um serviço público à comunidade é não só um dever, mas também uma vantagem, na medida em que recordar os nossos antepassados, que já nos deixaram, e homenagear os vivos é testemunho de que a Santa Casa constitui uma instituição insubstituível no Concelho”, afirmou.
Ricardo Rodrigues lembrou que, ao longo da sua história, a Santa Casa tem correspondido à satisfação das necessidades sentidas pela população, que, ao longo dos tempos, se foram alterando, com as mudanças da própria sociedade, e exigindo novos serviços e funções àquela instituiçõe particular de solidariedade social.
O Autarca e antigo Provedor recordou que, no passado, eram as famílias mais abastadas que contribuíam para que a Santa Casa tivesse o seu papel e função na sociedade, sendo que, hoje, o Governo Regional tem uma participação substantiva e primordial na continuidade deste serviço.
Ricardo Rodrigues deixou também palavras de reconhecimento a todos os membros da Irmandade pelo serviço que prestam, com um espírito solidário, para com a população do Concelho.
A finalizar a sua intervenção, o Edil Vila-franquense, disse prever que as Santas Casas “terão cada vez mais serviços a prestar, as solicitações nos nossos dias são mais complexas, as vidas das famílias são diferentes e tem que haver sempre instituições desta natureza que possam ajudar e estar atentas às necessidades da nossa população, desde as crianças aos idosos”.
A sessão solene contou, também, com uma conferência subordinada ao tema “Bom Jesus da Pedra: do mito à realidade”, que teve o professor João Luís Medeiros como orador, e com breves intervenções do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo, Lucindo Couto, e do Presidente da Assembleia-Geral da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo, Padre José Borges.
GCCMVFC


































Fonte: Câmara Municipal de Vila Franca do Campo