Já se passou um ano e o Lagoa Azores SUP Day está de volta com a sua 2ª edição.

Paulo Jorge Sousa da Activesportsholidays e Activesportshop.eu e o Clube Náutico de Lagoa (organização), escolheram o dia 17 de Agosto para a realização da 2ª edição da remada de Stand Up Paddle, que em 2018 foi um êxito.
Este ano contam novamente com a colaboração da Câmara Municipal de Lagoa, da Rádio Atlantida, da Santa Bárbara Surf School, da Accional, da Arrisca e da Junta de Freguesia de Água de Pau.

O arranque da remada será novamente no Porto da Caloura pelas 10h e percorrerá parte da orla costeira do concelho de Lagoa.

Para além do ponto alto do evento, que é a remada e após esta, vai haver também sessões de SupYoga com a instrutora Carolina Lino, wokshops de Sup, exposições, batismos de Sup, entre outras novidades.
No final haverá um convivío para os participantes nas instalações da sede do Clube Náutico de Lagoa, com porco no espeto.

Sendo este um desporto do mar e que depende sempre e só das condições atmosféricas, poderão ocorrer alterações de última hora.

O Stand Up Paddle (SUP) que teve origem nas ilhas havaianas no início da década de 60, tem como base remar em pé numa prancha. É considerado um dos desportos mais completos a nível físico e mental, porque faz funcionar todos os músculos do corpo em simultâneo tanto na vertente de lazer como na mais radical.

A organização agradeçe a todos os praticantes desta modalidade que compareçam em força, para fazer desta a segunda, de muitas mais e melhores.

Para todos os praticantes e atletas de Sup de outras ilhas ou do continente português que queiram participar, a organização disponibiliza estadia.

Haverá algumas pranchas disponíveis para quem quiser participar e não tem material próprio. Só tem de no ato da inscrição, informar que não tem material próprio e que vai precisar.

As inscrições são gratuítas e deverão ser enviadas para os seguintes contatos:
paulojsousa@gmail.com | 918 650 859 via SMS |clube.nautico.lagoa@gmail.com |910 859 945 via SMS, com nome, contato móvel e que necessita de prancha e pagaia.

Fonte: Paulo Jorge Sousa – Organização

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here