Esperança

Esperança

29 Junho, 2019 0 Por Azores Today

Vivemos tempos de profundas incertezas quanto ao futuro dos Açores.
Com o passar dos anos, constatamos que os políticos responsáveis por conduzir os destinos da nossa vida colectiva não estiveram à altura de tão importante desígnio, tendo antes optado por se “agasalharem” aos cargos, aproveitando a ausência de uma oposição sólida e de propositura que lhes impusesse uma atitude de excelência no serviço que prometeram desenvolver em benefício dos açorianos.
No panorama partidário deixamos de encontrar dirigentes de referência, gente capaz de mobilizar as bases, de envolver as elites de diversos quadrantes nas suas opções, de sustentar um pensamento e de lutar com fervor por um objectivo. Ao invés, assistimos ao desfile de indivíduos impreparados, sem uma ideia para os Açores, que apenas se movem com o intuito de fazer da política profissão.
Insistimos, por isso, que um dos meios de devolver credibilidade à política assenta na permissão de candidaturas de listas de cidadãos independentes à A. Regional. Mantenhamos a esperança!
P.S.: Um excelente verão.

Pedro Nascimento Cabral