Alerta

Apesar dos muitos esclarecimentos e apelos no sentido dos cidadãos se dirigirem às urnas para exercerem o seu direito de voto nas eleições para o Parlamento Europeu, verificou-se, uma vez mais, que a abstenção saiu vencedora, com maioria absoluta, deste acto eleitoral.

A desmotivação política dos açorianos, originada, segundo o estudo elaborado pela nossa Universidade, pela falta de credibilidade dos políticos que andam por aí, mostra-se deveras preocupante. Receamos mesmo que, se ao discurso exausto do partido do poder, juntarmos as posições inócuas dos principais partidos da oposição, iremos assistir, cada vez mais, ao crescimento de forças como o BE e, agora, o PAN.

É que o aumento da votação destes partidos nos Açores, ocasionado, sobretudo, pela transferência de votos do PS/A e PSD/A, tem de ser entendido como um forte protesto pela inoperância dos partidos ditos do “sistema”, e não pelo facto dos açorianos se terem deixado deslumbrar repentinamente pelo programa eleitoral do BE ou pelo silêncio estrepitoso do PAN sobre as questões Europeias…

Pedro Nascimento Cabral

Ver também

Papa evoca vítimas do Holocausto e denuncia “propostas ideológicas” que ameaçam a humanidade

“Recordar é condição para um futuro melhor, de paz e de fraternidade”, disse Francisco “Tenham atenção, vejam como começou esta estrada de morte, de extermínio, de brutalidade”, disse Francisco, no final da audiência geral, na biblioteca do Palácio Apostólico, com transmissão online. O Papa assinalou hoje no Vaticano o Dia Internacional em Memória das […] O conteúdo Papa evoca vítimas do Holocausto e denuncia “propostas ideológicas” que ameaçam a humanidade aparece primeiro em Igreja Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *