“É esta fé que dá sentido às nossas vidas”, diz bispo emérito de Angra

Mai 25, 2019 | Manchete

D. António de Sousa Braga participa mais uma vez nas grandes festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres

É nestas festas “que encontramos a razão de ser da nossa fé” disse esta manhã num tom emocionado D. António de Sousa Braga, bispo emérito de Angra, que regressou a Ponta Delgada para participar nas festas que assinalam o 60º aniversário da elevação do Santo Cristo a santuário diocesano.

“Tenho muito gosto e muita honra em ser açoriano pois aqui temos muita fé no Espírito Santo e é este `Império´ que nos dá a força para sermos felizes e fazermos os outros felizes” afirmou D. António de Sousa Braga numa pequena mensagem gravada para o Igreja Açores.

O prelado, que é natural da freguesia do Santo Espírito, na ilha de Santa Maria, lembra que a religiosidade do povo açoriano é uma das suas marcas identitárias. E estas festas, do Santo Cristo, tal como as festas do Divino Espírito Santo, cujo culto é tão louvado nos Açores, são uma “boa ocasião para nós recordarmos a fé que recebemos desde a nossa infância e dá sentido à nossa vida e que nos diz que estamos aqui neste mundo não por acaso mas porque recebemos o dom da vida”.

Por isso, acrescenta, “é um tempo de dar graças e renovarmos esta graça como um dom para os outros” sublinhou D. António de Sousa Braga.

O prelado vai participar nos diferentes momentos da festa, estando já a preparar-se a saída da Imagem desde o convento até ao Campo de São Francisco, para a habitual mudança da imagem. Há momentos, ao final da manhã, a Imagem foi levada do coro baixo para uma zona nobre do Convento para lhe serem colocadas as suas jóias e a capa com que sairá à rua este ano, para daqui a pouco menos de uma hora ser entregue pelas irmãs religiosas de Maria Imaculada à Irmandade do Senhor Santo Cristo dos Milagres que ficará responsável por zelar pela sua guarda até ao recolher da procissão solene de domingo.

Numa procissão muito simbólica, já acompanhada pelo presidente destas festas, D. José Avelino Bettencourt, a Imagem percorreu os claustros do Convento da Esperança. Quando forem 16h00 (17h00 em Lisboa) o provedor da Irmandade, Carlos Faria e Maia, baterá à Porta do Carro, no Convento e aí receberá a Imagem. Depois todo o cortejo processional em torno do Campo de São Francisco, fazendo o percurso inverso ao de amanhã, seguirá, completando uma volta e a Imagem ficará para veneração dos fieis no Coro Alto do Convento da Esperança. Este é o momento em que as promessas se cumprem com milhares de fieis a darem a volta ao Campo de São Francisco.

De manhã várias crianças da catequese e dos colégios de Ponta Delgada participaram no arranjo floral tipico dos tapetes por onde passará a imagem.

À noite, a imagem voltará a sair, depois da 1h00 da manhã para se dirigir à Igreja de São José, onde pernoitará em Vigília. É para esta igreja que convergirão os grupos de peregrinos que percorrem os caminhos de São Miguel rumo ao Santuário.

As festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres são as mais importantes festas religiosas dos Açores. Este ano são presididas por D. José Avelino Bettencourt, Núncio Apostólico na Arménia e Geórgia.

Fonte: Igreja Açores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here