Votar

Votar

18 Maio, 2019 0 Por Azores Today

No estudo realizado por docentes da nossa Universidade sobre os elevados índices de abstenção eleitoral verificados na Região Autónoma dos Açores, 59,9% dos inquiridos aponta, como principal causa do fenómeno, a falta de interesse por parte dos cidadãos pela política, derivada da circunstância de se encontrarem convencidos de que os políticos não têm credibilidade e os partidos não têm outro propósito que não seja defender os seus próprios interesses.
Uma simples consulta dos níveis de abstenção eleitoral nos Açores, que ronda os 60%, evidencia uma grave separação entre os eleitores e os eleitos, o que retira objectivamente dignidade à nossa democracia.
Esta preocupante realidade obriga a que os partidos políticos estabeleçam, o quanto antes, uma profunda reforma no sistema eleitoral, com o objectivo sério de promover uma cidadania activa na política, conforme já aqui defendemos.
Até lá, resta-nos assistir à penosa campanha eleitoral para as Europeias e esperar que os números de abstenção eleitoral não nos voltem a embaraçar como aconteceu em 2014.

Pedro Nascimento Cabral