Morreu antiga zeladora da imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres

Morreu antiga zeladora da imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres

18 Maio, 2019 0 Por Azores Today

Morreu antiga zeladora da imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres

Mai 18, 2019 | Em destaque

Irmã Maria Beatriz tinha 96 anos de idade

Faleceu esta sexta feira a Irmã Maria Beatriz Gorria, a antiga zeladora da imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres, informa a página do Santuário diocesano.

É com o coração cheio de emoção, saudade e tristeza, que o Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, se une à Congregação das Religiosas de Maria Imaculada, no anúncio doloroso do falecimento da nossa querida Irmã Beatriz” refere a página oficial do Santuário na internet.

Nascida a 22 de Março de 1923, em Barindano, Navarra, Espanha, Saturnina Zuazola García, fez os seus estudos correntes nas escolas primárias de Navarra. Com 14 anos sentiu um chamamento que a levou ao colégio de Estella em Navarra, onde obteve formação em todos os trabalhos da vida doméstica.

Ingressou na Congregação das Religiosas de Maria Imaculada, em Logrõno, em 31 de Julho de 1941. Em 15 de Julho de 1942, vestiu o hábito religioso, com o nome de Maria Beatriz de San José, mais conhecida como Irmã Beatriz. Fez os primeiros votos em 16 de Julho de 1944, em Logrõno e finalmente os votos perpétuos, em Vigo, em 16 de Julho de 1949.

Em 27 de Setembro de 1954, com trinta anos, integra o grupo de religiosas que veio para a ilha de São Miguel, a fim de fundarem a primeira comunidade, – Religiosas de Maria Imaculada – ingressando em 1962, no Convento da Esperança.

“Reconhecida por todos como uma religiosa dedicada, obediente e de uma completa doação às obras de Deus, foi o exemplo vivo de virtude e devoção, zelosa guardiã do Senhor Santo Cristo, como digna sucessora de Madre Teresa, dedicando mais de 50 anos da sua vida conventual”, lê-se na referida página.

Durante o tempo que esteve ao serviço em São Miguel foi a zeladora da imagem do Senhor Santo Cristo, e repetia muitas vezes “A minha maior alegria é ser fiel a Cristo, como lhe prometi”.

Fonte: Igreja Açores