Partido Socialista “bloqueia apuramento da verdade” sobre alegados maus tratos a idosos

Partido Socialista “bloqueia apuramento da verdade” sobre alegados maus tratos a idosos

9 Maio, 2019 0 Por Azores Today


Partido Socialista “bloqueia apuramento da verdade” sobre alegados maus tratos a idosos

O PSD/Açores acusou o PS de “bloquear o apuramento da verdade” sobre casos de alegados maus tratos a idosos, alegando que os deputados socialistas querem evitar a audição de personalidades que são “peças chave” para o trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito à Rede Regional de Cuidados Continuados.

“O PSD considera essenciais para o apuramento da verdade os depoimentos de alguns intervenientes que são peças chave e que estão, neste momento, sob a alçada do segredo de justiça. Mas o Partido Socialista não quer que se ouçam essas personalidades e prefere apressar a conclusão dos trabalhos da Comissão”, afirmou a deputada social-democrata Mónica Seidi.

O parlamentar do PSD/Açores salientou que o partido pretendia suspender os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito até à conclusão dos processos de inquérito instaurados pelo Ministério Público, ou seja, até que as personalidades em causa deixassem de estar sob a alçada do segredo de justiça.

“O Partido Socialista, que concordava com a suspensão dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito à Rede Regional de Cuidados Continuados, mudou de opinião em 24 horas. O Partido Socialista deu o dito por não dito, porque não quer o apuramento da verdade”, sublinhou.

Mónica Seidi acrescentou que, a mês e meio de terminar o prazo para apresentação do relatório da Comissão Parlamentar de Inquérito, “ainda faltam vários documentos pedidos pela oposição e visitas a diversas instituições da Rede Regional de Cuidados Continuados”.

“O PSD entende que os açorianos têm o direito a saber toda a verdade sobre os casos de alegados casos de maus tratos a idosos denunciados numa reportagem televisiva e que causou alarme social nos Açores. Já o Partido Socialista prefere boicotar o trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito”, concluiu.

Fonte: PSD Açores