Eh pá… Fui à Segurança Sociale…

Eh pá… Fui à Segurança Sociale…

25 Abril, 2019 0 Por Azores Today

Eh pá… Fui à Segurança Sociale… Aquele pessoal tá a trabalhá bam rápedo… Eu nim esperei uma hora e meia pra ser atandido… Depois a menina chomou-me e perguntou o que é que eu queria… Eu disse: Menina eu vanho aqui fazer uma declaraçã!… Eh pá… A rapariga alterou-se toda: “Olhe lá seu traste velho, eu sou casada” e amostrou-me a aliança: “Estou aqui num serviço públeco de responsabeledade”… Virando-se para as colegas, “ Esses velhos de agora sã piores que os novos”… Quando elaacabou de me dar o sermã eu disse: Oh menina eu quero fazer uma declaraçã de nã díveda à Segurança Sociale, nã é a si… Eh pá… Ela fecou vermelha como um tomate… “Ah… O senhor desculpe, mas estou farta desses velhos assanhados que andim sempre a mandá pirópes, alam disso o Senhor com esse olho azule traiçoeiro deixou-me confiúsa”… Eu disse: Pois… O Estado obriga a fazer essa declaraçã de nã díveda todas as vezes que alguém tem de receber dinheiro duma intidade públeca!… Quer dezer… Eles só nos paguim se tiverim a certeza que nã devemos nada a eles… Muito ispertos!…O Menistre das Fenanças até dá prémos aos funcionáros que cobrarim mais impostos… Pobre povo que só paga e nã bufa!…Bam!… Agora vou trabalhá… Tou abrindo uma imobiliára nova… Vai chomar-se “Lar do pesadelo”… Qualquer um pode tê-lo!… Eh pá… Prontes…

 

Por José Maria Pacheco