EBSVFC com “Projeto de Recomendação” aprovado na Sessão Regional do Parlamento dos Jovens –…

EBSVFC com “Projeto de Recomendação” aprovado na Sessão Regional do Parlamento dos Jovens – Ensino Básico

A Escola Básica e Secundária de Vila Franca do Campo marcou presença na Sessão Regional do Parlamento dos Jovens – Ensino Básico, realizada no dia 18 de março, na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores (ALRAA), na Horta, representada pelas deputadas eleitas na sessão escolar, Emília Resendes e Eliana Pinheiro, ambas do 9ºano, que apresentaram o ‘Projeto de Recomendação’ aprovado, de entre vinte e duas escolas dos Açores.
O Parlamento dos Jovens – Ensino Básico tem este ano o tema: Alterações Climáticas – Salvar os Oceanos, sendo que as deputadas da EBSVFC propuseram, como primeira medida, que se vigie e cuide das praias além da época balnear, com a implementação de nadadores-salvadores a partir do mês de janeiro.
A segunda medida visa a programação de ações no sentido de “Sensibilizar para agir”. Assim, propuseram atribuir um galardão “Escola+Azul” às escolas que desenvolvam mais ações no sentido de preservar a zona marítima envolvente.
A terceira medida assentou na redução do uso de produtos químicos quer na limpeza quotidiana doméstica ou hoteleira/de restauração, quer na agricultura, que provocam a acidificação dos oceanos. Para o efeito, foi proposta a colocação pelas turmas das escolas da Região, no contexto das aulas de Cidadania, de um selo com o “smile” verde para produtos “amigos dos oceanos” e vermelho para os “inimigos”, para apelar à consciência na hora de adquirir os produtos.
Emília Resendes e Eliana Pinheira vão apresentar o projeto de recomendação modificado e debatido pelo Círculo Eleitoral da Região Autónoma dos Açores na sessão nacional, a ter lugar na Assembleia da República, nos dias 6 e 7 de maio.
Por sua vez, no dia 19 março, teve lugar a Sessão Regional do Parlamento dos Jovens (PJ) – Secundário, com a EBSVFC a ser representada pelos alunos Miguel Albergaria e Quélia Pinheiro, que apresentaram um “Projeto de Recomendação” sobre a problemática: Alterações Climáticas – Reverter o Aquecimento Global.
Neste sentido, propuseram, como primeira medida, a criação de incentivos (monetários, fiscais e formativos) para produtores de carne, laticínios e ovos, no sentido de substituírem esta fonte de rendimento por outras menos nocivas para o ambiente, nomeadamente através da alteração do uso do solo e incentivo ao agroturismo.
Como segunda medida, sugeriram a promoção de ações de sensibilização sobre as alterações climáticas, destinadas à comunidade mais jovem.
A terceira medida visou a promoção de uma forte aposta estatal no investimento público em centrais de produção de energia renovável.
GCCMVFC








Fonte: Câmara Municipal de Vila Franca do Campo

Deixar uma resposta