Imagem do Senhor dos Passos percorre as ruas de Angra do Heroísmo

Imagem do Senhor dos Passos percorre as ruas de Angra do Heroísmo

Mar 16, 2019 | Em destaque

Este sábado decorre a mudança da Imagem desde a Igreja do Colégio até à Conceição. Amanhã tem lugar a procissão

A habitual procissão do Senhor dos Passos, organizada pela Irmandade de Santa Cruz e Passos da Igreja do Colégio, sai à rua da cidade património mundial, Angra do Heroísmo, este domingo, o segundo da Quaresma, percorrendo o perímetro que vai do Santuário de Nossa Senhora da Conceição, onde pernoitou a imagem para veneração dos fieis até à Sé de Angra, pelo facto da igreja do Colégio estar ainda em obras.

A mudança da Imagem do Senhor dos Passos da Igreja, do Colégio para o Santuário de Nossa Senhora da Conceição, tem lugar este sábado. Esta mudança, tal como a procissão de amanhã, será animada pelo Seminário Episcopal de Angra.

Amanhã a procissão percorrerá as principais artérias do centro histórico de Angra e fará três paragens- uma para o Sermão do Encontro, na Praça Velha e duas outras para assinalar os passos na Rua do palácio e na Carreira dos Cavalos.

“Antes assinalávamos todos os passos mas devido ao trajeto ser mais curto faremos apenas estas paragens” adiantou ao Igreja Açores o reitor da Igreja do Colégio, Cónego João Maria Mendes.

O sacerdote deixou ainda um apelo aos mais jovens de forma a que não deixem morrer esta e outras irmandades do género, comprometendo-se e participando ativamente na sua preservação.

As procissões de Passos são comuns nos Açores sendo particularmente relevantes nas paróquias e ouvidorias onde existem fraternidades franciscanas ainda ativas, como é o caso da Horta ou da Ribeira Grande, para além de Angra.

As procissões de Passos, que representam o flagelo infligido a Jesus, preso na Cruz, foram trazidas para os Açores pelos seus primeiros povoadores, vindos do continente, onde eram manifestações litúrgicas e populares de fé, entre o Século XIV e XVIII, em muitas das cidades e vilas.

Dos Açores foram levadas para o Brasil, onde, ainda hoje são das maiores manifestações religiosas em Florianópolis (Santa Catarina) e Olinda (Rio Grande do Sul).

A imagem do Senhor dos Passos, normalmente de tamanho natural, representa Jesus, sob o madeiro, numa das quedas a Caminho do Calvário, como que a prevenir as quedas da vida.

No decurso do giro da procissão dar-se-á o encontro da imagem do Filho com a Mãe, Nossa Senhora das Dores, onde os fiéis aguardam o designado Sermão do Encontro.

Fonte: Igreja Açores

Ver também

Prece

Sentado num banco do Campo de São Francisco, o velho pescador, de pele enrugada pelos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *