A actriz brasileira Carolina Kasting está em São Miguel à procura dos seus antepassados

A actriz brasileira Carolina Kasting está em São Miguel à procura dos seus antepassados

25 Janeiro, 2019 0 Por Azores Today

A actriz brasileira Carolina Kasting está, de férias, em São Miguel, numa unidade hoteleira das Furnas, à procura das suas raízes açorianas. Na sua página do facebok a actriz escreve: “Vim descansar e relaxar com a minha família na região paradisíaca das termas da Ilha de São Miguel nos Açores e conhecer a origem dos meus antepassados Arruda”.
Em outro post na sua página, a actriz escreve: “Sair para fotografar com esse clima de inverno nos Azores não é nada fácil. Lugar incrível!”.
Carolina Kasting actuou em mais de quinze novelas, algumas seguidas pelos açorianos nos canais nacionais de televisão, entre elas ‘Terra Nostra’, ‘Mulheres Apaixonadas’, ‘Cabocla’, ‘Amor à Vida’ e ‘Além do Tempo’ na TV Globo.
No teatro teve a sua actuação mais marcante em ‘Alice Através do Espelho’, com direção de Paulo de Moraes, Ogroleto de Suzanne Lebeau, direção Karen Acioly, pelo qual recebeu o Prémio Zilka Sallaberry de melhor atriz.
Actuou também em ‘Engraçadinha’ de Nelson Rodrigues; ‘A Conferência dos Pássaros’ e ‘Clara Schumann’ em ‘Querido Brahms’.
No cinema, por sua actuação no filme Sonhos Tropicais ganhou o prémio de melhor actriz no Festival de Cinema de Recife e protagonizou o curta-metragem Escolhas com direcção de Ivann Willig, premiada como melhor actriz em quatro festivais internacionais de cinema.
Karolina Kasting formou-se em artes cénicas em São Paulo no ano de 1992. No Rio de Janeiro, em 2002, formou-se em fotografia no Atelier da Imagem e na EAV. Transita pelas artes cénicas, visuais e pela escrita.
Aos 14 anos, deixou a sua cidade natal, Florianópolis, para estudar balé na escola do Teatro Guaíra, em Curitiba. Neste mesmo ano fica entre as finalistas de um concurso de modelo da Elite Models e muda-se para São Paulo.
Em 1996 estreia-se na televisão como Valentina na novela Anjo de Mim de Walter Negrão na Rede Globo. No mesmo ano faz a minisérie Hilda Furacão como Bela B com direção de Wolf Maya.
Em 1999 na extinta TV Manchete faz  a sua primeira protagonista, Brida, novela baseada no livro com o mesmo nome, de Paulo Coelho. A sua volta à Rede Globo dáse em 2000 quando faz uma falsa freira na temporada de Malhação. Neste mesmo ano está em cartaz no teatro com Alice Através do Espelho da Companhia Armazém, no papel de Alice. No ano seguinte estreia-se no horário nobre da Rede Globo como Rosana em Terra Nostra, um de seus trabalhos mais marcantes na televisão com o qual ganha projeção nacional e elogios da crítica especializada. Depois de Terra Nostra faz sua primeira personagem no cinema, a imigrante polonesa Esther no filme Sonhos Tropicais, pela qual ganhou o prémio de melhor atriz no Festival de Cinema de Recife em 2002.
Faz no teatro do CCBB do Rio de Janeiro, Engraçadinha, adaptação teatral do romance homónimo de Nelson Rodrigues.
Acumula na Rede Globo trabalhos memoráveis, entre eles, a alcoólatra Mariana de Coração de Estudante, a médica Laura de Mulheres Apaixonadas, novela de Manoel Carlos; a doce professora Mariquinha de Cabocla, novela de Benedito Ruy Barbosa e o espírito de Laura no remake de O Profeta.
Em 2007 estreia seu primeiro projeto teatral em parceria com seu marido, o ator Mauricio Grecco. Eles atuam juntos em Van Gogh, o amarelo aumenta todos os dias, e em 2010 repetem a parceria em Ogroleto com direção de Karen Acioly e texto de Suzanne Lebeau, autora canadense muito premiada internacionalmente. Por Ogroleto, peça premiada no Zilka Salaberry de 2008, ganha o prémio de melhor atriz.
Também em 2007 faz mais uma temporada do seriado Malhação como a romântica e atrapalhada Beatrice.
Em 2010 interpreta a vilã Judite da novela Escrito nas Estrelas de Elisabeth Jihn.Em 2011, esteve em O Astro, como a doce Jamile.
Em 2012, faz a psicóloga Beatriz de Amor Eterno Amor, também de Elisabeth Jihn.
Em 2013 volta ao horário nobre da Rede Globo na novela Amor à vida de Walcyr Carrasco como Gina.
Em 2014 estreia, sua terceira parceria com Mauricio Grecco, a peça A Conferência dos Pássaros, no Oi Futuro.

Fonte: Correio dos Açores