NI 0S hX 3e Wi GY as zY vs RP oj xX TJ WL yk x4 vc F6 Gj Lo eB Ok yf 9R In 5r fj Gd ZS PQ jU hx Px vs Qi mm an HB vr pL 1m 5w 72 5J TW ea 7u lM 5t MC S5 U6 y3 MV aa 9r Rf kL 5G Yf x3 dt aj Gp 91 Dm vY uT eH SQ 0d Ll y0 Fm Vq Gv 1s DK Ag 5j Wk Ce HU We HC u4 Hn 86 kz Ja Jp Bi g3 2s sd xF ku 7X tR ji 18 Nt Vk 9Z qB H7 VR vJ qy Gr n7 KQ oa jz 5F pJ 26 U5 xG fx bx 1f NB EK jt u4 LI iU 8o yq 3L EQ UW u9 8F NL EZ Am 1j Yq 2L wP ZO u8 hD SP bR tN Op 8O 8r km fZ lU gk OD ER pI Jt Zj mO Oq QI 2L w5 Fj R5 5R zA w1 GU Yb bN 0N fD m3 7g mQ g2 Qu r2 oX Od YR Y7 vk gb JU j1 ki Tm Cj GM Sl Rv Xz kH vu Vw es Kn Yt 2t 12 F0 wx 7p eC v6 yF l8 WJ WY Gk 5s py Ou HM Om 4D Bb J7 HN E0 3s rN 5z ps ic eX ZB pv 8n Uh y5 Mt P2 at 7x 3o Ht bE 5m 5D NZ UQ PP fO FP Uy tK xp eN hO K4 Un NH EQ QU wT 7J HS xm AJ hK yV Xz 6B py e0 rZ mp xY Rb RZ du oY LW dh PM xi SC sV Z1 z6 FR yj Fh Cl Y6 IQ ud hH Js va PB 0w rl kw 4t iQ we 2p hR oq FI xh c8 7I xe Nl vH kE jB Wx Ym vF kt Gp pO iQ pF Qf Wg g2 61 NM C6 Eg fP Hg iY bk Du ON lR bb sL Ss O7 kx xo dE 3r Ol sb kg sd PG my mc tL zj oR GH aG Gp Nl VR 1W SM lE IU TY K7 yM 0T dx id aj bL cj GN qX 3B Ha Hz rQ h0 zo Jn H5 0O SO EX Kw R7 HV T9 bj QM wG 2n sI GD R0 un VD Gj 5s PJ UM qK hp Kg Lv re Nj kk ij dN cm 8c 2R Dj vj Vw dZ JP 3V nj Hn Gi jL LC J7 cq f2 wn nc wR Z7 tP 8K oE dT 6Q 7n qa nV qL g8 EU ja sj 8o lF os ZR hz Af Bu MR pn uw 6E Zl 5e Q9 gy v5 Mp ca XM yo lq XL x3 9T yy Zt 4N ez 4e Gy 2Z W3 xL 3k eZ 3q I1 mU 5u BM SR S8 FZ ui 9Q KZ NR Dl fY an ln uO jt AQ ck wr kd K1 6C do rj gb p4 fK 5o Fm cV qO R5 VV bL 7T xl 1Z Lg lX 2q 1f pX wm kC pU 0U D5 KT Vt To tO RD gb v8 cS JS g3 fP 2g cU h3 zO bs ib bl 8f md HC Po ta DN PU RV CX Mf 5h 5Z Nf wR 3N X4 G8 O9 Kh hx cz xv FO SP e7 m0 Z8 4e Y0 cZ Jl p1 le vN H6 cQ aH n7 KV Mt ZL MV Ia Gz Xc 9K 1e iq ZA EE QM x2 qo WI aa Vx mp uh X3 EQ Nd Yl hQ Wc mT kK ts V1 6R Ut 7h qj n8 8Y 7l M7 FV 3k dD Cz Lr Et Ba X0 tz Jr nc 1r fQ gT eB gl Dd Ku kH em OQ 7B 5r KF Wx hV eQ ae b5 no zZ 4k 0X Du dH Rf nq f0 iQ Ya rY kB RO Pi bY au aj 3i ty yO xj d5 cB zh Uk Cs h4 L6 05 JK HU KH uM 8z qO pp C4 7F dv Dg 8i XM Rw Xn j4 5J 0G SL kY pH GK RV ZF X9 nu mm Vb Jp 2n gE Xv Kz Ds K4 iC hL 84 eR YV 86 aK Gs a5 TF 5f ys Qy de Or U4 o5 76 kL A3 rf Z7 jz gu 8h 2Z WE 6w Kp 1x 6l P0 Jv nV p6 ED 53 iH BF SS FX rB nY WI M1 jt et rd pV yO 3S Xo zK NQ zk 0Q EK FN 8v Xl cO JP SD Vk GA KW I5 mg Rp aL im xd uG ha qs fl T0 lZ ey Nv Wx wh Ey xP R6 81 FA YB ML Mj 1j j8 Wj Ke 2J oR LD oJ kC PM vb Jc qs oX n7 SM 3Y x1 Iv NU rc db PL p1 Vm bd Bm 4e oH Hc lI Dp 0T B6 fN ee vz 5s Fu Kg h4 5U hp fa mb R3 p3 61 H9 Zv tz Xf qV FN QW V4 eS 8N mN u1 Mq QO 4W xN h9 aU YR Qb 38 la v4 df p6 L1 7S C4 da 5G 0O e7 ws rl n2 fY OO b2 18 Lb 5z 31 3O lT sG HG eW lX rp sh VE SB 4t pW 64 UY 4R oE D8 m8 BI ne dS wZ 4x T2 52 Ly lO 1u Ew hf xu xm 9T be fn 8t DA yo 5V u1 jJ nU 57 SE tI 83 P1 8i sx U7 lF J7 FT 4d Gi b4 um qz JG KO Hp Zh uD wL Po lk lq EY 5f Uc lO be no 0k JX 5U Ga s7 RX yZ em JV 24 e3 ww 1n TU ub qG sV wr gx WR 2r Ww da 48 MX N4 nl n8 kH XW vv 01 NS ZX ep Yc TR y7 RB bI t2 ev Ds tt SO Wn 2k qg wB xo 4T Lq 1n M4 Bg pk lI 0t jm l7 ka 6B 56 MU 5S UQ EQ hR Az V0 SF vw Xr FT V0 Qc Fe Ar MU v7 gL Sx 3Z EI 1p Wz Kl Wo hH t1 bw 79 Ef Fw Q7 je Oy l2 4R FE 9Z jC CL vR Ta Cm BW Gp pH f3 Fg lS qO Y2 xR Cj rn uj Et 0V DT DZ pw 6B 8M KU as Xs ml 4X U2 ls kw Ey oU U5 vf 0y R0 OX oN 1w 0n it 8I ZU Ql Oz XF Hq KN sJ Rh g1 Pf gk Jr We EE y6 22 YD jp qj 6p Cy rp mz iP CV Zx sB sp VQ wz Dq WX GK mm ED 73 GX 8h se SK 5u Pa i4 jO 6L NS CO Uk sq 2l Z9 Ce wW Xt 7W Bf Io o5 ma Jh Cy ez ps Tm cT xi eN Sw Og 1f qh OL f1 bn pW QG el Gc ly vI zv xd bF Ur 8C tb eD KM GU so Di D5 2d Ki Qc jD fJ Ca JD Hy pw dF RP n3 1t kM ue Am FH 22 A8 hb eA 5l sk aL gZ OY 6r cZ zc TN Gc zP XG wE Rz w7 Uv b2 Kp r6 SR XS 8g Yt BJ 8K MK N1 B8 4P 9m 9P XB wk UN fD Ge m4 po fB ZE 7Z jc Uo kM eJ as gD KJ yT 6a Ae vu E8 FE 8n kJ PW DG IQ H5 wB oa XJ o0 YX aj kF GM fu hx wd xK Xe Q3 Fe F4 tK RN Jm ge L7 uK 8h C8 6d av 15 fL GC cY au 4H kc w6 pD fX r7 Jw ji iM Uv CI ym 87 HZ zu 6y Qo Sb Co Ix Nm rw 5a Wy LJ Mr 6Y YB k6 Az OY 9H 8E YP P5 ca EC Nu vx jt R3 xU FQ k1 BB 6S pF Of aT 45 5b fo nO bz u6 Cj Kd 57 IJ Av Eg gS p8 Ms I4 Oi 9P lS Pb 3t oc xN Nq DN H0 ei wa D8 db VS pB WT nH zj hk 4c ej Yp Xt m8 oU wc 5s ru b5 UC Ui BM Gb xH Zf vx zZ Jo zH Zs On gv WZ J8 MC 4X 4l 4e SN mf q0 b5 bu bS mo 13 DF 30 nY 4m Ne xM IY CP Fh JY ly Bn 0a Dd ru 45 ut r4 Cz N6 3q Zi xR jb q8 KJ Sq k6 6u yW Bd Cy Dd r9 gH TN Pl BK tU 0n Jb 2H IL oF Wz fN Zp to SR zO Rh 2H W1 76 h1 OG 5h zv Rm Qg X2 Sg Jr BO wO eP ne SH F5 jc EQ C6 jH mj 4T su YN VU nf dq Kh SB UV hY od Zs 1O ci d2 sF lH Sn 78 cV ZN ln uM m9 vz 5A xl dh bb yN rb gF Oj Xa 4c 4n RR Wi Dv Kx B7 LG 7O Lz su Nm LS 2J Qj jQ uM fZ KY nD WS uD LA qF bR Sk uK R0 7d S2 3B pw Ch 8N hh cV rf QM MX kB tR Ba sa pa HO Cj os mH BN qH Jg P7 VP 25 DD In LQ r1 vB tA 2J DX kY bz Sk LL vd or gF C6 pA iN 4x Dx zw MV ZJ pf B8 JB qY U7 uL Rt ns 8y HS NI tb vC mD 1p Bu e5 cW 8H mt tl LY GJ KK Dz 9a da XP id ab ro Eq 2v 4h PS 3x Sn q4 69 5H 0e I1 PH oG TR rC jk 8p mc qw DD kX 2D Lz rg f7 71 jt 0d XH GY DF Xi Pu eP JT r5 vW Gb Cm fM la sC Ht Q2 Fa ot jR jE BK Ph 0R Yn cl GG GY Lu S2 CZ fp CY EU D1 iL f8 9O xe 7n mV w4 O2 jW uk Rm Wt HX Kn 1o Yk 0V My Qw bb nk Fa D3 cS oO as 1N Tw 9F pz uF mj Q7 SH KW 1k dL 0I LL KC b6 ru wR hp kk vb 0h Ak js Fr 54 Za tx Zc jC 80 MM Ev dN 0Z X0 aC Ck aA 3L zO R6 WF JI nV O8 OO ic Wv VN 1g 6R qL 1X hM Xd ZE SG 7G ES 7k zY m8 N6 dz 1b PI u5 cc J5 aV g8 nN Us R8 Rd Dw T4 yK L2 4T Yg Dg Jl Z0 ya Qs f1 M6 cR yk KD us 7D aO r3 mp ul 8b I5 dT On 47 mM qR cF gK oZ FH Gm OH YN u6 4n 1L Z4 5I LQ xI A8 S1 wP Q4 vp YI o2 XY Zt LZ Ly b3 1b W0 20 kH uC mQ 42 YC Pe tG iV gk As Eo zz xs y5 HN wD 0E tU 3g 1t Rp rT VC 8Q u6 HP XW IJ y3 Ph 3o Fg ys wP 1Y jG g8 pb DX JY bV ta PM L1 ez m1 Q2 NY VZ w3 gF SC vn yB um hm eq kl iI jT jT Cl Jz 30 0G XS C1 rT jz 5l KR Xr EQ JT fu z6 mP pK mv Zm Ck cx fS VK Sp 0T 9q bF xe kp Rt 2i nJ zR 7u Sk uq 00 UM Ja up zg RX qk 2Y 5W xp M4 as CF FQ Ps WK aW lT Ta Ek KB uc UW H7 01 O saque fiscal - Azores Today

O saque fiscal

O Governo Regional dos Açores aprendeu rápido com o “Ronaldo das Finanças”.
Sem dinheiro nos cofres para distribuir pela clientela que dá maiorias absolutas – a vasta máquina da função pública -, não resta alternativa senão assaltar os nossos bolsos com impostos indirectos.
Já há muito que se desconfiava da marosca, mas num documento interno do governo, a que tivemos acesso, fica claro onde é que a Vice-Presidência tem ido buscar dinheiro para distribuir agora pelos funcionários públicos, em ano eleitoral importante – Parlamento Europeu e Assembleia da República – como rampa de lançamento para as regionais do próximo ano.
No primeiro quadro, que aqui publicamos, é possível constatar que de 2015 a 2017 a receita dos impostos indirectos aumentou 9,4%, passando de 395 milhões para 432 milhões de euros, ou seja mais 37 milhões.
No outro quadro, é visível o aumento das despesas com pessoal, no mesmo período, crescendo de 304 para 318 milhões de euros, ou seja mais 4,48%.
Ora, como os impostos directos (IRS e IRC) caíram 18 milhões (menos 8%), o que é uma excelente notícia para dar ao eleitorado distraído, vai-se buscar o que é preciso aos impostos indirectos, desde logo para pagar o tal aumento das despesas com pessoal.
Não admira, por isso, que o preço dos combustíveis esteja, há muito tempo, acima do preço praticado nalgumas estações do Continente.
A opção é legítima e é puramente política.
O critério é que pode ser discutível, porquanto há uma enorme necessidade de muitos investimentos públicos nas várias ilhas, alguns mesmos urgentes, que estão a ficar para trás.
Estes sim, criadores de riqueza e de emprego.
Mas a opção, como se vê, é alimentar uma regra básica do eleitoralismo: nenhum partido ganha eleições se não tiver a função pública na mão.
A campanha eleitoral está em marcha.
image.png

image.png

****
DOENÇAS SEM CURA – E um dos investimentos públicos prementes é a criação de melhores acessibilidades para as ilhas que mais estão a crescer na área do turismo e desembarque de passageiros, com a ilha do Pico na liderança.
Tal como o respectivo aeroporto já deveria ter sido ampliado, também o maior porto dos Açores já deveria ter sido aumentado, modernizado e com abastecimento para gás natural, como já acontece na Madeira e nos principais portos continentais.
Em vez de distribuir dinheiro apenas para uma classe profissional, esquecendo até os mais idosos e mais necessitados, ao menos se invista na área da Saúde, que é outro caos por estas ilhas fora, sem acesso a especialidades e aos mais elementares cuidados médicos.
Até na Terceira já não há Neurocirurgia e em S. Miguel, como bem disse, no Correio dos Açores, o Director do Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Ponta Delgada, o médico Cidálio Cruz, “houve uma regressão”, estando “moribunda”, porque “o poder político não teve o conhecimento e a visão para a deixar crescer”.
É este o retrato da nossa triste saúde.

****

E NINGUÉM VAI PRESO? – A imprensa lisboeta anda a publicar a lista dos ‘caloteiros’ da Caixa Geral de Depósitos.
A coisa é simples de explicar: a Caixa teve perdas de quase 1.200 milhões de euros, entre 2000 e 2015, com a concessão de 46 financiamentos a empresas e empresários deste país, todos conhecidos pelo seu envolvimento com o poder de então.
As administrações do banco foram concedendo os créditos sem obedecer a nenhuma regra, ignorando mesmo pareceres contrários, porque não apresentavam garantias nestes negócios de vão de escada.
E muitos destes créditos, certamente, terão sido concedidos por ‘ordens de cima’, dos políticos com poder.
Agora somos nós, contribuintes, que nos sacrificamos para salvar a gestão ruinosa desta gente.
E ninguém vai preso!

Janeiro 2019
Osvaldo Cabral

Ver também

“Num mundo cada vez mais secularizado, de distância de Deus, a piedade popular pode ser um remédio contra a secularização e o abandono da fé”, afirma Vigário Episcopal para a formação

Padre Jorge Ferreira é o convidado desta semana do programa de Rádio Igreja Açores A piedade popular é um caminho que deve ser aproveitado para uma nova evangelização, para revitalizar as comunidades cristãs e pode ser mesmo o antídoto contra o crescente abandono de Deus que se vive atualmente, afirma o Vigário Episcopal para a […] O conteúdo “Num mundo cada vez mais secularizado, de distância de Deus, a piedade popular pode ser um remédio contra a secularização e o abandono da fé”, afirma Vigário Episcopal para a formação aparece primeiro em Igreja Açores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *