Uma das formas mais importantes de promover a nossa Região Autónoma consiste em assegurar pontes culturais com outros lugares do país e do mundo. É precisamente através destes convívios que damos a conhecer, por exemplo, o que de melhor aqui se faz em termos literários, nas suas diversas vertentes, com maior incidência na prosa e na poesia, como também permite-nos ter acesso directo a autores que nos habituamos a admirar mas que nunca ou raramente estiveram entre nós.
Na prossecução deste intento, cumpre realçar o contributo inestimável do José Carlos Frias e da Helena Frias, que instituíram a Livraria Solmar como referência obrigatória do conhecimento da nossa cultura literária no panorama nacional.
Recentemente, Nuno Costa Santos, nome incontornável das nossas letras, proporcionou-nos um encontro literário de excelência.
O seu “Arquipélago de Escritores”, que juntou inúmeros autores de reconhecida qualidade, centrou nos Açores uma profícua troca de experiências tendo por base o prazer da escrita.
Merece, por isso, o nosso reconhecimento.

Pedro Nascimento Cabral

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here