REVIVE ULTIMA CONCURSO PÚBLICO DO QUARTEL DO CARMO O Quartel do Carmo será um…

REVIVE ULTIMA CONCURSO PÚBLICO DO QUARTEL DO CARMO O Quartel do Carmo será um…

17 de Novembro, 2018 0 Por Azores Today


REVIVE ULTIMA CONCURSO PÚBLICO DO QUARTEL DO CARMO

O Quartel do Carmo será um dos edifícios que, até ao final do ano, deverão ser colocados a concurso, no âmbito do programa Revive. Numa intervenção realizada no âmbito do 125.º aniversário da Câmara de Comércio e Indústria da Horta, realizada na passada sexta-feira, José Leonardo Silva, Presidente da Câmara Municipal, realçou a importância futura da reabilitação daquela infraestrutura no contexto do crescimento do turismo, na ilha do Faial.

“Este será mais um investimento que consolida, certamente, a oferta turística da ilha do Faial e que deverá ser mais um motivo para continuarmos a reivindicar mais e melhores acessibilidades para a ilha do Faial e para os Açores”, acrescentou o autarca.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal da Horta fez notar que os 125 anos da Câmara de Comércio representam “um desafio à capacidade de inovação de todos os que trabalham e defendem o setor empresarial local, sabendo da importância que representa acompanhar os desafios do tempo presente, de congregar vontades e de revelar ambição em querer sempre mais para o Faial e mais para os faialenses.”

O edil salientou, ainda, as medidas que esta autarquia tem levado a efeito, no sentido de criar condições para que a iniciativa privada seja uma realidade, para que as pessoas possam ter capacidade económica e social para intervir e para que, quem esteja no efetivo exercício de uma atividade, possa ter condições para se fortalecer e continuar a apresentar um produto ou um serviço que se distinga pela qualidade.

Nesse contexto, referiu que “o plano e o nosso orçamento municipal para o ano de 2019 engloba medidas visando a criação de condições ao desenvolvimento do pequeno e médio comércio, através de uma nova infraestrutura que deverá estar em atividade no próximo ano, nomeadamente o novo mercado municipal, um verdadeiro centro de acolhimento empresarial que pretende desafiar quem quer inovar e quem quer atrair novos consumidores, a pensar não só nos locais mas também em quem nos visita”.

Para além destas condições, acrescentou a importância das isenções aprovadas para quem queira investir no “Parque Empresarial da Ilha do Faial e a partir daí exercer a sua atividade, para além dos benefícios direcionados a quem, em alternativa, pretenda investir no centro e revitalizar o seu negócio”, sublinhou.

O autarca relembrou, igualmente, que, para além destes benefícios já em vigor, José Leonardo Silva a Câmara Municipal está “já a trabalhar, de forma empenhada, na atualização dos vários instrumentos de ordenamento do território, através de uma equipa multidisciplinar, que permitirá, no futuro, agilizar os processos de intervenção sobre o território ao nível de todo o concelho, com a criação de novos roteiros de cidade”.

Fonte: Município da Horta