O comentador da RTP-A, Elias Pereira, não entende o despacho do presidente do governo regional na sequência do inquérito feito no caso das evacuações aéreas de fevereiro de 2017 que geraram polémica devido à interferência da então presidente do conselho de administração do hospital da Terceira no processo de decisão.

O comentador classifica de “extremamente grave” o facto de Vasco Cordeiro só agora dar conta da fragilidade de todo o protocolo das evacuações médicas nos Açores.

Quanto à demissão ou não do secretário da saúde, Elias Pereira refere que a decisão é complexa.

Telejornal

 

Fonte: RTP Açores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here