Embuste

O PS/A esteve reunido em congresso regional onde foi votada por unanimidade a moção de Vasco Cordeiro.

Como se viu, por aqueles lados, ninguém ousou fazer uma única crítica, por mais simples ou por mais construtiva que fosse. Todos se apresentaram alinhadinhos com o líder, sob o olhar atento de Carlos César.

No discurso final, Vasco Cordeiro referiu que a sua prioridade centrava-se, agora, nos jovens, nas famílias e nos idosos.

Eis que surge a pergunta inevitável: O que é que os governos do partido socialista andaram a fazer nos últimos 22 anos? Os jovens, as famílias e os idosos são sempre uma prioridade para qualquer governo digno desse nome.

As medidas anunciadas nada trazem de novo e deviam ser uma consequência natural da boa ação política que os açorianos merecem.

Ao fim de 22 anos de poder socialista, os jovens não têm perpectivas de trabalho, as famílias sobrevivem penosamente para honrar os seus compromissos financeiros e os idosos, como se sabe, estão votados ao abandono.

Segundo Vasco Cordeiro, agora é que é. Como se nós acreditássemos…

Pedro Nascimento Cabral

 

Ver também

Bispo de Angra desafia diocesanos a “olhar o pobre com o olhar de Deus”

Bispo de Angra desafia diocesanos a “olhar o pobre com o olhar de Deus” Nov 18, 2018 | Manchete D. João Lavrador presidiu à Missa da Sé, em Angra, no II Dia Mundial..