Professores

Sempre tive um profundo respeito e admiração pelos meus professores.

Desde os bancos da escola primária, passando pela preparatória “Canto da Maia” e pelo Liceu “Antero de Quental”, habituei-me a ter nos meus professores uma referência permanente na transmissão do conhecimento e de valores importantes.

Nas aulas em que colaborávamos na concretização da matéria dada, percebíamos como se sentiam agradados pelo facto de compreendermos e desenvolvermos o que nos ensinavam.

No dia da entrega dos testes de avaliação era evidente como se sentiam realizados quando tínhamos boas notas ou preocupados se ficávamos aquém das expectativas.

Ao longo do ano lectivo estavam sempre connosco, conquistando toda a nossa consideração pelo empenho que colocavam no sucesso académico e formação cívica dos alunos.

Um professor motivado para o ensino é determinante para o bom percurso escolar e social dos nossos jovens, com reflexos imediatos no desenvolvimento consolidado de uma sociedade.

Dignificar a carreira docente é um dever do Governo Regional em benefício dos Açores.

 

Por Pedro Nascimento Cabral

in Açoriano Oriental de 30 de Junho de 2018

Ver também

Agravamento da situação exige “restringir ao máximo” qualquer “ocasião de contágio”, afirma presidente da CEP

Bispo de Angra pede aos católicos que cumpram regras ditadas pelas autoridades de saúde O presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) disse hoje que as comunidades católicas querem “colaborar ativamente” com toda a sociedade para superar o “pico” da crise pandémica e “inverter a curva ascendente” de contágios e mortes por Covid-19. “É uma situação […] O conteúdo Agravamento da situação exige “restringir ao máximo” qualquer “ocasião de contágio”, afirma presidente da CEP aparece primeiro em Igreja Açores.