Mobilidade

Mobilidade

23 de Junho, 2018 Não Por Azores Today
Na sequência dos nossos protestos quanto à ausência de políticas de coesão social e territorial por parte do Estado, o Governo da República, então liderado por Passos Coelho, atribuiu um subsídio social de mobilidade aos estudantes e passageiros residentes na R. A. dos Açores nas deslocações aéreas com o continente e com a R. A. da Madeira.
Por via de tal facto, assistiu-se a um grande aumento na circulação dos nossos concidadãos residentes nos Açores com o continente, o que lhes permitiu ter acesso a um conjunto vasto de outros pontos de interesse, com incidência no domínio cultural, comercial e turístico.
Há poucos dias, o Primeiro-Ministro António Costa desferiu um violento ataque contra a mobilidade conquistada pelo Povo dos Açores, ao pretender impor um limite global na quantia destinada a pagar o reembolso das passagens aéreas em causa.
Repudiamos esta intenção de restringir a nossa mobilidade e sugerimos à ANAC que investigue os preços elevados que a SATA e a TAP cobram nos bilhetes para o continente.
Só assim é que se cumpre Portugal aqui!

Por Pedro Nascimento Cabral

in Açoriano Oriental de 23 de Junho de 2018