20ª Edição Festival Angrajazz

20ª Edição Festival Angrajazz

A Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e a Associação Cultural Angrajazz levam a efeito nos próximos dias 3, 4, 5 e 6 de Outubro o 20.º Festival Internacional de Jazz de Angra do Heroísmo – ANGRAJAZZ 2018, mantendo os objetivos lançados desde a primeira hora:

– Um Festival de grande qualidade, susceptível de vir a constituir um marco no panorama musical anual dos Açores e da Terceira em particular;

– Ser conhecido para além das fronteiras da Região, inserido no calendário anual dos Festivais de Jazz em Portugal;

– Contribuir para o desenvolvimento do gosto pelo Jazz.

Na edição deste ano teremos quatro dias de Festival no Centro Cultural e de Congressos de Angra do Heroísmo com 3 grandes orquestras, algo que acontece pela primeira vez no festival.

Guido Teles, Vereador da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo realça a importância da Associação Angrajazz e do Festival Angrajazz ao longo dos anos em Angra do Heroísmo, sendo esta já vigésima edição do Festival, um festival já de renome regional, nacional e internacional, que contribuí imenso para uma dinamização turística de Angra do Heroísmo, e que este ano foi escolhido pelo Turismo de Portugal para ser um dos festivais promovidos e apoiados.

No dia 3 de outubro o festival tem início pelas 21h30 com a apresentação da Orquestra de Jazz do Hot Clube Portugal, que tocará a música de António Pinho Vargas. No segundo dia do festival, 4 de outubro, sobem a palco a Orquestra Angra Jazz, que se encontra de momento a preparar a gravação de um CD, o que deverá acontecer em julho de forma a ser lançado no festival, seguida do famoso pianista cubano Gonzalo Rubalcaba e o seu Trio. No dia 5 de outubro a abertura ficará a cabo de um dos principais saxofonistas da Europa acompanhado pelo seu quarteto, Andy Sheppard Quartet, seguido de Billy Childs Quartet. No último dia do festival, 6 de outubro, as despedidas ficam a cabo de Jazzmeia Horn que ganhou o prémio Rising Star do Concurso Internacional de Jazz Vocal de Sarah Vaughan em 2013 e que venceu o Concurso Internacional de Jazz Vocal “Thelonius Monk” de 2015, seguida da Darcy James Argue´s Secret Society, a segunda maior orquestra de Jazz do Mundo.

Guido Teles, afirma ainda que “O Festival Angrajazz sensibilizou a população local, no sentido em que não só o Jazz se tornou num estilo musical de eleição dos Angrenses, mas também pelo facto do próprio festival e trabalho desenvolvido pela Associação Angrajazz ter sido o mote que impulsionou o aparecimento de vários grupos de Jazz locais e de outras manifestações culturais como é o caso do Festival +Jazz”.

Entre 28 de Setembro e 06 de Outubro decorrerão diariamente concertos de entrada livre, pelo Quinteto de Luís Cunha, Trio de Pedro Nobre e Quarteto de Sara Miguel, em vários locais da cidade de Angra do Heroísmo.

Inseridas no JAZZ NA RUA serão ainda feitas duas sessões de divulgação, destinadas a alunos da Escola Jerónimo Emiliano de Andrade (na Biblioteca Pública Luís da Silva Ribeiro) e da Escola Tomás de Borba (no auditório da escola), e realizar-se-ão duas sessões de formação orientadas por músicos da Orquestra do Hot Clube; destinadas a uma seleção de 20 músicos das Filarmónicas da ilha, selecionados previamente com o apoio da Direção Regional da Cultura.

Os bilhetes para o festival estarão disponíveis a partir de dia 2 de julho, online e nos pontos de venda habituais.

Deixe o seu comentário:

  • Cultura e Lazer
  • 2
  • Classificar:
  • Partilhar no Facebook
  • Publicado a Quarta, 13 de Junho de 2018

Fonte: C. M. de Angra do Heroísmo