“Se estruturas partidárias não servem para estar ao lado de quem necessita, então não servem”, afirma Flávio Soares

O presidente da JSD/Açores afirmou que “se as estruturas partidárias e políticas, independentemente da cor ou ideologia política, não servem para estar ao lado de quem necessita, então não servem à democracia”. Flávio Soares, que falava depois de uma visita ao Centro Social e Cultural dos Fenais da Luz, afirmou que “os partidos devem ser o braço direito das instituições particulares de solidariedade social no seu apoio àqueles que necessitam. Não tivessem sido estas instituições e a situação social dos Açores seria ainda pior do que é”. “Quem acompanha a atividade da JSD/Açores sabe que a política do bota abaixo não faz o nosso estilo. Fazemos, intransigentemente, a defesa daquilo em que acreditamos e, neste caso, não temos dúvida do importante papel que as IPSS, e até de associações de jovens, têm na sociedade açoriana, como manto protetor das famílias e das franjas da sociedade”, afirmou Flávio Soares, depois de lembrar que já tinha chamado à atenção, em dezembro passado, para que a solidariedade não fosse “uma bandeira que se agita quando dá jeito”. “Estas associações e instituições necessitam do apoio de todos, sendo de lamentar que algumas delas se encontrem numa situação muito complicada financeiramente, à beira de encerrarem algumas das suas valências, por falta de equidade na atribuição de apoios públicos pelo Governo Regional dos Açores”, afirmou Flávio Soares. No mesmo dia em que se comemorava o dia do Assistente Social, Flávio Soares e Eunice Pinheiro Sousa visitaram a instituição que recebeu os donativos da Gala Solidária 2017 da JSD/Açores, porque “mais do que entregar dinheiro, queremos garantir que estas instituições saibam que podem contar com a JSD para estar ao seu lado”.

Fonte: PSD Açores

Ver também

Inauguração do Presépio Tradicional de Água Retorta

Inauguração do Presépio Tradicional de Água Retorta

Inauguração do Presépio Tradicional de Água Retorta