LAGOA REPRESENTADA COM 6 ATLETAS NA VOLTA A SÃO MIGUEL DE BICICLETA É já…

LAGOA REPRESENTADA COM 6 ATLETAS NA VOLTA A SÃO MIGUEL DE BICICLETA É já…


LAGOA REPRESENTADA COM 6 ATLETAS NA VOLTA A SÃO MIGUEL DE BICICLETA

É já amanhã que arranca a 9ª volta a São Miguel de bicicleta – 9GP Liberty Seguros, que conta com duas etapas com partida na cidade de Lagoa.

A prova irá percorrer a ilha de São Miguel, de dia 18 a 21 de maio, sendo composta por 3 etapas, num total de 255 quilómetros e conta com 103 ciclistas amadores, numa volta cada vez mais apreciada pelas equipas nacionais.

Este ano, pela primeira vez, a Lagoa terá um clube lagoense representado neste evento, com 6 atletas, o Clube Desportivo Operário.

Para o Vice-presidente da Câmara Municipal de Lagoa e responsável pela área do desporto, Ricardo Martins Mota “é um verdadeiro orgulho ter, pelo primeiro ano, uma equipa que representa a Lagoa neste evento desportivo porque traduz o alargamento e evolução competitiva do desporto no município”.
Em 2011 foram 7 os atletas, fora da região, que vieram a São Miguel para participar nesta prova. Hoje, fruto do bom trabalho desenvolvido, são 52 os ciclistas que se deslocam a este evento, fazendo de São Miguel, e em muitos casos da Pousada da Juventude de Lagoa, a sua casa.

A autarquia lagoense reconhece a importância desta prova para o concelho, pelo facto de passar no seu território em 2 dos 4 dias de prova, com especial destaque para o dia 21 de maio, de manhã, com a passagem pela Casa de Apoio a Atividades de Montanha, nos Remédios, e subida, pela primeira vez, da vertente sul da Lagoa do Fogo, cumprindo quase na totalidade com a métrica que norteia a nova imagem do desporto municipal lagoense 0/947.

Desse modo, Ricardo Martins Mota, salienta que “esta é, assim, uma prova de reputação no calendário anual do ciclismo amador nacional, à qual a Lagoa se associa, como um concelho promotor do desporto, de hábitos de vida saudáveis e ativos. Na sua atuação, o município de Lagoa, tem primado pela dinamização desportiva, com objetivo de que, cada evento desportivo não descure as estratégias geradoras de aprendizagens e de criação de laços, porque o desporto é o meio mais simples e eficaz de promover a igualdade, o respeito, a disciplina e claro, a saúde”.

Uma das maiores preocupações da organização, passa pela segurança dos ciclistas e neste sentido é fundamental que, os automobilistas e público, respeitem os corredores e circulem com cautela. Este ano, o número de agentes da PSP na estrada será reforçado, por forma a garantir uma maior segurança para todos.

Em 2018, a prova rainha do ciclismo regional conta com 15 equipas, sendo cinco do continente, duas da ilha Terceira, uma do Faial, sete de São Miguel, num total de 51 ciclistas amadores provenientes da ilha onde irá decorrer a volta.

Para além da vertente desportiva, a volta a São Miguel de bicicleta irá dinamiza o turismo local, numa forma saudável e de interação com o meio ambiente, passando pela descoberta do que melhor a Lagoa tem para oferecer, nomeadamente a sua restauração e cultura.

Fonte: Câmara Municipal de Lagoa – Açores

Ver também

Associação ajuda bebés na Terceira (Vídeo)

Fonte: RTP Açores

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *