PSD questiona Governo da República sobre memorando da Saúde com os Açores

Os deputados do PSD/Açores na Assembleia da República, Berta Cabral e António Ventura, questionaram o Governo sobre o andamento do memorando de entendimento, entre o Ministério da Saúde e a Secretaria Regional da Saúde, querendo saber em que ponto o mesmo se encontra, e se existem novos acordos de cooperação, no âmbito daquele setor, previstos para a Região Autónoma dos Açores.

As perguntas escritas dos parlamentares social democratas foram dirigidas aos ministros da Saúde e da Economia, que recordam a elaboração, “a 20 de julho de 2017, de um memorando de entendimento, entre o Ministério a Saúde e a Secretaria Regional da Saúde, no âmbito de uma resposta dada aos dois eleitos açorianos pelo PSD no Parlamento nacional.

Os deputados avançam que o Ministro da Saúde e o Ministro das Finanças já tinham sido questionados, em Comissão da Saúde e Comissão das Finanças, respetivamente, “sobre a existência e o cumprimento do memorando, e não responderam”, explica António Ventura.

“O memorando visava promover um conjunto de iniciativas de cooperação em várias áreas, como a promoção hospitalar, a gestão de sistemas de saúde e politica de desenvolvimento de cuidados hospitalares, o recrutamento e formação de profissionais de saúde, a produção e distribuição de medicamentos, a articulação no processo de compras centralizadas, a tecnologia e os sistemas de informação e a investigação clínica”, acrescenta o parlamentar.

“Importa saber deste memorando e do seu cumprimento, assim como de eventuais novos acordos com os Açores, tendo em conta as dificuldades sentidas na área da Saúde”, sublinha o social democrata.

Berta Cabral e António Ventura reforçam que “este Governo tem sido bom a publicitar e mau a realizar, pelo que interessa comparar o que foi publicitado e o que foi feito”, concluem.

Fonte: PSD Açores