IMPOSTOS

IMPOSTOS

28 de Abril, 2018 Não Por Azores Today

O Governo Regional deu nota de que a receita fiscal aumentou 27 milhões de euros em 2017. Tal circunstância deveu-se ao facto de ter ocorrido um aumento na cobrança dos impostos indirectos que, como se sabe, incidem sobre os preços de todos os bens e serviços que consumimos.São as chamadas contribuições “silenciosas”, mas que deixam uma marca muito turbulenta na algibeira dos contribuintes.

Perante o crescimento de tal receita, constatamos que o Governo Regional do partido socialista é habilidoso na arte de cobrar impostos. O problema surge no momento em que tem de fazer a gestão e rentabilização do nosso dinheiro. É precisamente nesta fase que o Executivo socialista tem dado provas de uma enorme incapacidade para administrar a nossa Região, bem patente nos elevados índices de pobreza e nos desiguais acessos à saúde e educação por parte do nosso Povo.

Enquanto mantivermos grande parte da nossa população dependente de subsídios, nunca alcançaremos outros patamares de desenvolvimento. Até lá continuaremos a pagar impostos. Elevados, claro!

Por Pedro Nascimento Cabral

in Açoriano Oriental de 28 de Abril de 2018