XIII Fórum da Criança e do Jovem arrancou em Vila Franca do Campo centrado…

XIII Fórum da Criança e do Jovem arrancou em Vila Franca do Campo centrado na importância de educar pela positiva

O XIII Fórum da Criança e do Jovem, com o tema “Olhar o lado B (bom)” arrancou na quinta-feira, 12 de abril, no auditório da Escola Básica e Secundária de Vila Franca do Campo, com os trabalhos a prosseguirem na sexta-feira, 13 de abril.

Na sessão de abertura, o Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca do Campo, Dr. Ricardo Rodrigues, afirmou que o Concelho, através das suas várias instituições, tem-se manifestado atento às áreas da educação, formação e do desenvolvimento integral das crianças e jovens.

Na ocasião, o Autarca deu o testemunho do Direito como revolucionário na defesa das crianças e dos jovens, indo contra aquilo que eram os princípios que a sociedade designava no passado recente.

“A prática de há umas dezenas de anos era que as crianças eram propriedade dos pais. Hoje, as crianças têm uma universalidade de direitos”, lembrou, acrescentando que, sendo as famílias indispensáveis no desenvolvimento dos mais novos, “felizmente, hoje é assente que toda a comunidade tem um papel fundamental no desenvolvimento saudável ou do “lado bom” das crianças e dos jovens”.

Em todo o caso, destacou a existência de instituições que têm “o particular dever dessa proteção”, como as CPCJ’s “que foram uma boa iniciativa do Estado” e que, em parceria com as Câmaras Municipais, “têm tido um importante papel na proteção das nossas crianças e no acompanhamento de casos que, por uma ou outra razão, fogem da regra daquilo que deve ser o seio familiar”.

A sessão de abertura contou com intervenções da Diretora Regional da Solidariedade Social, Dr.ª Marta Bulhões, e da representante da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Dr.ª Teresa Espírito Santo, bem como da Presidente do Comissariados dos Açores para a Infância, Dr.ª Isabel Rodrigues, e da Presidente da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Vila Franca do Campo, professora Rute Carreiro Santos.

A primeira conferência do dia, intitulada “A importância de educar pela positiva”, teve como oradora Dora Pereira, psicóloga e professora auxiliar na Universidade da Madeira.
Seguiu-se o painel “Família: a raiz de uma sociedade mais feliz”, com Vanessa Cunha, socióloga e investigadora do Instituto das Ciências Sociais de Lisboa e a presidente do Comissariado dos Açores para a Infância, Isabel Rodrigues, como oradoras.

No segundo dia de Fórum, 13 de abril, os trabalhos têm início às 9h30, com a conferência intitulada “De pais para filhos – A cultura do exemplo”, a cargo de Filomena Gaspar, psicóloga e professora associada da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.

A partir das 14h30, decorre a conferência “Bullying e as suas variantes”, com Luís Fernandes, psicólogo e co-autor dos livros “Plano Bullying” e “Diz não ao Bullying”.

A sessão de encerramento, prevista para as 16h30, vai contar com intervenções do presidente do Município de Vila Franca do Campo, Dr. Ricardo Rodrigues e da presidente da CPCJ de Vila Franca do Campo, professora Rute Carreiro Santos.

GCCMVFC









Fonte: Câmara Municipal de Vila Franca do Campo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here