contador gratuito

Obra da 2ª fase da via Santa Clara-Relva é fundamental para o combate à erosão da orla costeira

Está em curso a segunda fase da obra da via Santa Clara-Relva, iniciada em novembro de 2017. Avaliada em 2,1 milhões de euros, a obra é comparticipada por fundos comunitários, sendo considerada essencial para a segurança dos habitantes da localidade, assim como para o combate à erosão da orla costeira.
A Câmara Municipal é promotora desta obra, cuja segunda fase vai desde a rotunda da Autonomia, na avenida Príncipe do Mónaco, até à rua Maestro Edmundo Machado Oliveira, onde se situa a SAAGA, onde está a ser feito o reforço e proteção da orla marítima (25% do total da verba destinada à obra), além da requalificação e alargamento das ruas e arranjo dos passeios com joga, entre outras.
Trata-se de uma antiga aspiração da população e da Junta de Freguesia de Santa Clara, entidade com a qual a Câmara presidida por José Manuel Bolieiro manteve sempre uma colaboração permanente com vista à prossecução da mesma.
Todavia, e como qualquer obra de grande dimensão, também esta está a trazer alguns constrangimentos aos habitantes das duas freguesias, condicionando a circulação do trânsito de ligeiros na zona.
Trata-se de uma obra de extrema complexidade, uma vez que se torna necessário instalar várias estruturas de pipelines, o que coloca em risco a circulação de ligeiros, bem como das próprias pessoas. Por isso, o trânsito de ligeiros passou a estar condicionado naquela zona desde o início da obra, e, agora, o mesmo acontece relativamente à circulação dos peões, por uma questão de segurança.
A Câmara Municipal apela à sensibilização da população local para os incómodos causados e informa que foi criada uma via alternativa de circulação para ligeiros, nomeadamente entre a servidão ao aeroporto, passando pelas instalações do Grupo Bensaude e até à rua D. Manuel Afonso de Carvalho, por forma a que os pais possam ir buscar os filhos à creche. A autarquia solicita, ainda, que a circulação automóvel (viaturas ligeiras) seja feita pela Relva.

Fonte: C. M. de Ponta Delgada