Câmara preocupada com o desemprego

Câmara do Nordeste preocupada com o desemprego no concelho

A Câmara Municipal do Nordeste acaba de entregar à Direção Regional do Emprego e Qualificação Profissional quatro candidaturas ao Programa Ocupacional Prosa, para um total de 203 ocupados.

Os desempregados que ocupam esta lista encontram-se em situação de carência social, sendo beneficiários do Rendimento Social de Inserção ou pessoas com mais de 45 anos de idade.

O presidente da Câmara do Nordeste, António Miguel Soares, como tem vindo a assumir publicamente, está preocupado com a taxa de desemprego que se verifica no concelho, tendo, aquando da aprovação da última candidatura da autarquia ao programa Prosa, lamentado a redução significativa que foi registada ao nível de ocupados no concelho: dos 60 postos de trabalho propostos pelo município foram aprovados apenas cinco.

Nos atendimentos proporcionados pelo presidente da câmara aos munícipes, duas vezes por semana, a maior parte das pessoas procura ajuda ou orientação ao nível do emprego, salienta o presidente da Câmara do Nordeste.

António Miguel Soares está apreensivo com este problema social do concelho e vislumbra dificuldades, perante a impossibilidade de contratação pública, em virtude da situação de reequilíbrio financeiro a que está submetida a câmara, com o cumprimento de responsabilidades do município noutras áreas.

Sendo o Nordeste um concelho ainda distante dos maiores centros de indústria e de oferta de serviços, com um número reduzido de pequenas empresas e com outras dificuldades advindas da sua condição geográfica e da sua ruralidade, e, sobretudo, perante os problemas sociais que o concelho atravessa, a Câmara do Nordeste aguarda da parte do Governo Regional dos Açores uma atitude de solidariedade e o melhor empenho possível na ocupação de desempregados deste concelho, através dos programas de emprego que tem vindo a criar nos últimos anos.

No final de março deste ano, cerca de 50 ocupados do Programa Prosa terminam a sua ocupação na Câmara Municipal do Nordeste.

Fonte: Câmara Municipal de Nordeste

Ver também

Governo da República não tem verbas para a Cultura nos Açores

O deputado do PSD/Açores na Assembleia da República, António Ventura, lamenta que, “a semelhança do ano passado, também no Orçamento do Estado para 2019 (OE2019), não haja verbas no âmbito da Cultura para os Açores”, afirmou. O social-democrata questionou a Ministra da Cultura, durante a discussão ..