contador gratuito

Bispos portugueses analisam plano de comunicação da igreja que será apresentado pelo pelo bispo de Angra

Bispos portugueses analisam plano de comunicação da igreja que será apresentado pelo pelo bispo de Angra

Abr 8, 2018 | Nacional

D. João Lavrador é o presidente da Comissão Episcopal dos Bens Culturais e comunicação social. Assembleia plenária da CEP começa amanhã em Fátima

A Assembleia Plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) vai analisar no seu próximo encontro um “Plano de Comunicação Social da Igreja”, informa o Secretariado Geral do organismo, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA.

A reunião do organismo máximo do episcopado católico vai realizar-se na Casa de Nossa Senhora das Dores, no Santuário de Fátima, de 9 a 12 de abril.

A agenda de trabalhos prevê uma “reflexão sobre um Plano de Comunicação Social da Igreja”, para que seja “mais adaptada” aos tempos atuais, como referiu o porta-voz da CEP, padre Manuel Barbosa, após o último encontro do Conselho Permanente.

Em janeiro, o presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais afirmou que o Plano de Comunicação da Igreja Católica em Portugal visa articular iniciativas, protagonistas e meios.

D.João Lavrador sublinhou que a Igreja Católica tem “várias iniciativas, vários protagonistas, vários meios, mas falta a harmonização, que o projeto tem de incorporar e planificar”.

A reunião magna da CEP vai ainda debater uma proposta de um Plano de Formação de Catequistas, proposto pela Comissão Episcopal da Educação Cristã e da Doutrina da Fé, tendo como base o documento “Catequese: A alegria do encontro com Jesus Cristo”.

Os bispos analisam, por outro lado, o impacto do Regulamento 2016/679 da União Europeia, relativo à proteção de dados pessoais, e a sua “aplicação às Igrejas e associações religiosas em Portugal”, que entra em vigor em maio.

Este regulamento tem implicações, por exemplo, nos registos de casamento e de batismo.

A 194ª Assembleia Plenária da CEP tem em cima da mesa duas notas pastorais: ‘Outubro de 2019 – Mês Missionário Extraordinário’, convocado pelo Papa Francisco; e ‘800 anos de presença franciscana em Portugal’.

Os participantes vão proceder à análise das respostas ao questionário para a próxima Assembleia do Sínodo dos Bispos, dedicada aos jovens, e à escolha dos delegados para este encontro, marcado para outubro, no Vaticano.

A sessão de abertura, com discurso de D. Manuel Clemente, cardeal-patriarca de Lisboa e presidente da CEP, está marcada para as 16h00 da próxima segunda-feira.

Depois do encerramento da Assembleia, no dia 12 de abril, vai decorrer uma conferência de imprensa, pelas 14h30, na qual será apresentado o comunicado final.

A CEP foi formalmente reconhecida a seguir ao Concílio Vaticano II, em 1967, com a ratificação pela Santa Sé dos primeiros Estatutos aprovados na Assembleia Plenária de 16 de maio, revistos posteriormente em 1977, 1984, 1999 e 2005.

O Conselho Permanente reúne-se todos os meses e a Assembleia Plenária, ordinariamente, duas vezes por ano.

(Com Ecclesia)

Fonte: Igreja Açores