MUNICÍPIO DAS LAJES DO PICO É PRÉ-FINALISTA DAS 7 MARAVILHAS À MESA Foram hoje…

MUNICÍPIO DAS LAJES DO PICO É PRÉ-FINALISTA DAS 7 MARAVILHAS À MESA

Foram hoje revelados os 49 pré-finalistas das 7 Maravilhas à Mesa, sendo o Município das Lajes do Pico um dos eleitos com a sua Mesa “Lajes do Pico – Capital da Cultura da Baleia”.

O Município das Lajes do Pico pretende, com esta candidatura, dar a conhecer o património Gastronómico, Cultural e Turístico do nosso concelho, contando para o efeito com as parcerias da Aldeia da Fonte, Azores Wine Company, Museu do Pico – Pólo do Museu dos Baleeiros, Queijaria do Pico e restaurantes Fonte Cuisine, Lagoa e Ponta da Ilha, que recorrendo à sua notoriedade, experiência e “know how” permitiram garantir o sucesso da Mesa apresentada a concurso.

Sendo o mar uma das nossas maiores riquezas, fonte de produtos de elevada qualidade, apostámos fortemente nos seus sabores, apresentando uma Mesa de mar, com uma oferta abrangente, permitindo, não só, degustar a nossa gastronomia e vinho, mas também conhecer a nossa cultura e desfrutar do conforto das nossas unidades hoteleiras.

A candidatura do Município das Lajes do Pico, intitulada “Lajes do Pico – Capital da Cultura da Baleia”, é composta pelos patrimónios “Sopa”, “Prato de Marisco”, “Produto Endógeno” e “Queijo” na categoria Gastronomia, pelo património “Brancos” na categoria Vinhos e Azeites e por fim, pelos patrimónios “Museus” e “Alojamento Turístico” na categoria Roteiros.

O caldo de peixe, sopa de referência da nossa gastronomia, apresentado pelo restaurante Ponta da Ilha, é composto por diferentes tipos de peixe, acompanhado de uma sopa de pão, embebido no caldo de cozedura do peixe.

O Polvo Guisado, confecionado pelo restaurante Lagoa, é um prato de marisco rico em sabores, que recorre a diversas especiarias e ao frutado sabor do vinho tinto, conferindo-lhe robustez e autenticidade.

Endógeno dos Açores, o Cavaco é um prato de excelência e requinte, servido fatiado sobre uma cama de sabores do mar e acompanhado por uma fresca salada de batata, numa inovadora apresentação por parte do restaurante Fonte Cuisine.

O Queijo de São João, produto DOP, fabricado com leite cru da melhor proveniência, é um queijo de pasta mole, produto de referência da Queijaria do Pico, que apresenta uma cor branca amarelada.

O Arinto dos Açores Branco, produto da Azores Wine Company, é um vinho maduro, com uma acidez e uma salinidade admiráveis, conferindo uma sensação de frescura que nos deslumbra.

O Museu dos Baleeiros, Pólo do Museu do Pico, é o ex-libris da museologia regional na representação da baleação artesanal dos Açores.

A Aldeia da Fonte, unidade hoteleira de excelência, destaca-se pelas boas práticas ambientais, tendo sido distinguida com os galardões “Miosotis” e “Chave Verde”.

O Município das Lajes do Pico agradece aos seus parceiros todo o empenho e dedicação transpostos para esta candidatura, fruto dos quais foi possível alcançar este resultado. Este agradecimento estende-se às 7 Maravilhas, entidade promotora do concurso 7 Maravilhas à Mesa, bem como a todos os seus participantes, em especial ao Município de São Roque do Pico e Município da Madalena, que apresentaram, respetivamente, a “Mesa Capital do Turismo Rural” e a “Mesa Madalena do Pico, Capital dos Açores da Vinha e do Vinho”.

Evidenciando uma forte aposta na componente promocional do concelho, o Município das Lajes do Pico considera esta candidatura às 7 Maravilhas à Mesa, como uma mais valia para a promoção e divulgação turística, nomeadamente no que concerne à sua oferta gastronómica, cultural e hoteleira.







Fonte: Município das Lajes do Pico

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here